Sobre Príncipes e Princesas!


A futura ministra da Mulher (oba! Vou ter uma Ministra pra chamar de minha?), Família e Direitos Humanos, disse um dia desses, que meninas devem ser tratadas como princesas e meninos como príncipes!
O que ela quer dizer com isso? Que vamos fechar os olhos para a realidade nua e crua e cair no imaginário de um conto de fadas? Tá fácil!
Os tempos mudaram, e queira ela ou não, hoje os “príncipes e princesas” de todos os gêneros, estão mais ligados no teclado de um computador do que na roca onde as princesinhas fiavam e furavam seus dedinhos.
Mas essa parece não ser a única vez em que a ministra se mostrou “fora da casinha”.
Aquele vídeo da mulher que viu Jesus na goiabeira, precisou ser explicado para que as pessoas parassem com a chacota. Em entrevista, ela disse que foi estuprada quando criança e queria se matar com veneno de rato em cima de uma goiabeira (?). Foi quando viu Jesus e desistiu da ideia.
Talquei que a história é triste, como são todas as histórias de abusos, mas é, no mínimo, inusitado ver a uma ministra de Estado se expondo em gravações pitorescas e que dão um monte de pano pra manga. Afinal, suas crenças particulares podem não cair no agrado dos seus governados.
Falando nisso, outra bomba que estourou essa semana foi o suposto pedido da primeira dama Michele Bolsonaro, para que fossem retiradas todas as obras sacras do Palácio da Alvorada, sua nova residência a partir de 1° de janeiro. A notícia saiu na Folha, no O Antagonista e em vários outros sites, inclusive com o testemunho de três funcionários do Palácio que já estariam retirando as peças. Uma delas, uma escultura de madeira de Santa Barbara, do século 18, já estaria sendo transferida para o Jaburu. Hamilton Mourão, tinha confirmado a transferência.
Dois dias depois de muito bafafá em torno do assunto, o presidente eleito desmentiu a nota pelo Twitter: “fui surpreendido com a notícia que a minha esposa retiraria imagens católicas da futura residência oficial devido sua religião. Ela evangélica, eu católico, ambos temos objetos que lembram nossa fé em casa”…
E com tanto diz-que diz sobre a retirada das peças, não se sabe mais o que é mentira e o que é verdade. Já sobre Bolsonaro ser católico, como ele afirmou, há controvérsias. Na verdade vídeos! Esses vídeos mostram ele sendo batizado nas águas turvas do rio Jordão, pelo Pastor Everaldo, em cerimônia que transformou esse dia 12 de maio de 2016, num verdadeiro encontro de Messias.
Ainda sobre o assunto crença, fé, religião, ou como queiram chamar, a notícia da semana que mais causou foi a do João de Deus.
Preso por molestar mais de 500 mulheres, ele diz em depoimento, que não tem responsabilidade pelo que faz nos atendimentos espirituais. As “orientações são passadas pelo espírito”. O que ele está insinuando? Que seu pingolim não tem vida própria, que é pau mandado do além?
Sei!
E sobre príncipes e princesas, eles vão continuar lá nos livros de contos de fadas, quietinhos, como sempre estiveram.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *