9 de agosto de 2022
Vera Vaia

Extra, Extra, Extra!


Pelo que eu tenho visto nas redes sociais, a torcida organizada do novo governo tem andado muito irritada com a mídia.
Não param de reclamar da Globosta – é como eles chamam a emissora dos Marinho – dos jornalistas “comunistas” que receberam milhões do PT, dos jornais que insistem em repetir os foras da equipe recém-empossada e da cobrança de explicações sobre as situações embaraçosas que envolvem familiares do presidente. (Sobre isso, argumentam que “os outros eram piores”, como se uma coisa justificasse a outra).
Então, só para agradar a esse leitor específico, o Diário de Notícias, veículo de imprensa recém-criado e ligado a uma espécie de um sub-ministério da Explicação, preparou uma edição especial com as notas mais recentes que envolvem a política atual.
12/12/2018 – ao contrário do que foi divulgado, a Ministra Damares Alves não subiu na goiabeira e não viu Jesus. Se tivesse feito isso, teria de se explicar contando uma história de estupro que sofreu quando era criança e ficar esperando que a comoção substituísse a indignação.
03/01/2019 – A Ministra Damares Alves não usou a “metáfora” que bombaria nas redes sociais, sobre meninas vestirem rosa e meninos vestirem azul. Poderia parecer que crianças gays estariam sendo excluídas de seus programas de governo.
04/01/2018 – Jair Bolsonaro não saiu espalhando fake news, contando pra todo mundo que ia ter aumento de IOF. Felizmente, porque se tivesse dito, o mercado financeiro poderia se agitar e o chefe da casa civil, Onix Lorenzoni, teria de dançar miudinho pra explicar a confusão. Precisaria inventar que o presidente se confundiu com os documentos assinados referentes à SUDAM e à SUDENE, siglas essas que poderiam ser facilmente confundidas com a sigla IOF.
Ufa! Se livrou de boa!
07/01/2019 – o ex-motorista de Flávio Bolsonaro não foi operado no hospital Albert Einstein como foi divulgado. Ele, como todos os outros motoristas do país, ficou numa longa fila de espera do SUS, porque não tinha cacife pra pagar um plano de saúde desse porte, a não ser que soubesse fazer dinheiro. Aí seriam outros quinhentos!
08/01/2019 – por sorte do general Mourão, seu filho não foi promovido no Banco do Brasil. Seria muito chato se fosse verdade, porque apesar de ele ter trabalhado por 18 anos nessa instituição financeira sem nunca ter sido promovido antes, as pessoas poderiam achar que subir alguns degraus nesse momento, seria só porque o pai é vice-presidente. Isso provocaria comentários do tipo, a gestão transparente do BB, está virando “gestão traz parente”. Cruz credo!
09/01/2019 – se a Ministra Damares Alves quisesse provocar mais uma polêmica, ela apareceria em vídeo dizendo que a religião evangélica perdeu espaço nas escolas, para a Teoria da Evolução! Mas claro que não disse. Afinal quem, em sã consciência, iria colocar a religião na frente da ciência, nas escolas?
Editorial!
A equipe de repórteres, redatores, editores e fotógrafos e da Editora Brasil Acima de Tudo, Deus Acima de Todos, agradece pela confiança depositada em suas edições e espera contribuir para que o leitor esteja sempre bem informado.
O nosso lema será sempre a transparência, a verdade e a fé, porque a fé não costuma faiá. De novo, nosso muito obrigado!

author
Mãe de filha única, de quatro gatos e avó de uma lindeza. Professora de formação e jornalista de coração. Casada com jornalista, trabalhou em vários jornais de Jundiaí, cidade onde mora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.