Cacarecos!

FullSizeRender
Na eleição de 1959 o jornalista Itaboraí Martins, indignado com o baixo nível dos 450 candidatos à vereança de São Paulo, resolveu lançar um rinoceronte para concorrer com eles.
E não é que o bicho estourou a boca da urna?
Cacareco, um pacato habitante do zoológico da cidade, levou quase 100 mil votos. Pra se ter uma ideia do que isso significa, o partido que teve mais votos não chegou aos 95 mil.
Como naquela época não tinha urna eletrônica, os eleitores escreviam na cédula de papel, desde palavrões (muitos) até nomes de bichos ou de artistas  em sinal de protesto. E foi assim que o rinoceronte se “elegeu”.
Mais tarde, em 2010 os eleitores surpreendem de novo, elegendo o palhaço Tiririca. Aquele que se candidatou meio que por brincadeira e que nem mesmo sabia o que fazia um deputado federal. – “O que faz um Deputado Federal? Na realidade eu não sei. Mas vote em mim que eu te conto”.
Mesmo mostrando total ignorância dos fatos, ele atingiu a estonteante soma de 1.348.295 votos.
Sinal de protesto dos eleitores? Não! Desta vez foi mesmo pelo amor ao famoso artista acrescido de uma boa dose de ilusão de que “com Tiririca, pior que  tá, não fica”.
E assim, lá foi ele para Brasília, vestiu terno e  gravata e deu seu nariz de palhaço ao povo brasileiro.
Agora, às voltas com novas eleições para prefeitos e vereadores, o que se vê nas ruas, na TV e nos santinhos espalhados por aí, é que vai sobrar nariz de palhaço pra população.
Em meio a uma conturbada situação política, alguns insistem em continuar com o espetáculo circense. Basta ver a lista de nomes dos candidatos que querem “construir um Brasil melhor”.
Aqueles que optaram por pegar o eleitor pelo estômago, se registraram como Cachorro Quente, Pastel e Coxinha. Alguns usaram as comidas como sobrenome para parecerem ainda mais apetitosos. Como não votar na Cidinha da Sopa ou no João Costelinha? E ainda tem opções para eleitores vegetarianos:  Paulo Cenoura ou Professor Goiaba.
Já quem não aprecia um bom prato, pode optar pelos candidatos locomotivos como o Motorista da Ambulância ou o Vanildo da Limousine, assim colabora com a Câmara Municipal que fica sossegada se algum edil precisar ir às pressas para um hospital ou se de repente, tiver de levar uma noiva para a igreja.
Para quem já está perto de pendurar o título, uma boa candidata seria Milena do Clube Idade Dourada. Nessa mesma linha tem a Neca Esposa do Dalto. Claro que conhecendo o Dalto, todos votarão na senhora Neca.
Eleitor que está pensando no futuro, certamente vai votar na  Eliane Funerária.
No Paraná, Luciano Todo Duro pode ter uma chance de se eleger, especialmente se estiver disputando com o Pau Véio.
Os eleitores de Fortaleza é que vão ter uma certa dificuldade na hora de escolher seu candidato. A disputa será acirrada entre o herói Homem Aranha, Michel Diniz Amigo do Garçom e Estrepiuda Furacão.
Estrepiuda? O que será isso? Nem o tio gugol conseguiu esclarecer essa dúvida. Na tentativa de descobrir,  assisti a um edificante vídeo onde aparece um rapazote de sunga fio-dental, balançando a bundinha no chuveiro ao som dessa tal de Estrepiuda.
Viu como “pior que tá, fica”, Tiririca?
Volta, Cacareco, por favor, volta!

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *