Acabou em Pão de Queijo!


“Aécio comemora decisão do Senado e diz que vai provar inocência na justiça”. (EBC-Agencia Brasil de 17/10/2017).
Claro que ele está comemorando! Vai poder tirar seu pijaminha, sair de casa à noite pra tomar umas biritas por aí, e até “senadar” durante o dia, se tiver vontade. Por 44×26, o Senado matou a cobra e mostrou o pau pro STF.
E para não dar muito na cara de que bandidos se protegem, os senadores que votaram a favor da volta dele, usaram o argumento de que a decisão do Supremo era inconstitucional. E como as leis aqui podem ser interpretadas ao bel prazer de quem as lê, pode até ser que isso seja verdade.
Por outro lado, se não for, Aécio não é o único sujo na rodinha lá dentro. Dos quarenta e quatro que o apoiaram, dezessete estão envolvidos com a Lava Jato, sem contar com os que votaram contra sua volta, e que também são investigados por corrupção. Então, como diria o caipira, o que é uma pinta a mais na onça, némesm?
Sobre “vai provar inocência”, aí já são outros quinhentos (ou mais!). Com todas aquelas conversas gravadas por Joesley Batista, Aécio, vai no mínimo, provar que entre ele e o açougueiro existia algo além do que uma mera paixão pela picanha da friboi!
Mas a votação, apesar de tudo, teve lances engraçados. Teve senador mais sujo que pau de galinheiro, indignado, horrorizado, estupefato com a corrupção do mineirinho. (Lindbergh Farias foi um dos mais ferrenhos combatedores da corrupção. A dos outros, claro!). Teve senador que passou mal (Paulo Bauer), foi pro hospital, tomou um Buscopan (imagino que tenha tomado. Todo mundo que vai pra pronto socorro, toma Buscopan) voltou e votou a favor de Aécio. Teve senador (Ronaldo Caiado) que chegou em cadeiras de rodas porque foi derrubado de uma mula no fim de semana. (Muito cuidado com as mulas, senhores! Algumas são capazes de derrubar até um país inteiro!) E assim, sobre rodas, passou o rodo no Aécio e lacrou com o STF. Teve até Renan, o “limpinho”, pedindo um esforço aos que ainda não tinham comparecido, pra irem votar, e usou Romero Jucá como exemplo de político que cumpre com seus deveres: “Jucá tirou metade das tripas e está aqui”. (Uma curiosidade minha: político com metade das tripas faz só meia cagada?)
No mesmo dia, a Comissão de Ética (morro de rir com esse nome), começava a julgar a segunda denúncia contra Temer. Engraçado ver a petista Benedita da Silva condenando o presidente por ter, entre outras coisas, viajado no jatinho do Joesley. Com que moral, né? Seu ídolo Lula, viajou seis vezes em aviões de empreiteiras, as mesmas que pagaram uma grana preta pelas suas “palestras” mundo afora.
Não que Temer não mereça ser investigado e punido, mas quem tem teto de vidro não deveria sair dando estilingada por aí!
Só que em política, tudo se espera!
Há três anos, por exemplo, Dilma dizia que não acreditava em delator (mas acreditava no ET de Varginha). Hoje ela quer usar a delação de Funaro, que afirma que o impeachment foi comprado, pra tentar reverter sua situação! Vai fundo!
Porém, senhora, é bom lembrar que as panelas foram compradas com os nossos próprios recursos, ok?

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *