E chega o outono…

E então o frio já está chegando, os galhos da roseira estão secos e as folhas caindo no chão. Porém novas folhas estão aparecendo, avermelhadas e que promete muitas rosas a caminho.

Todos os dias o jardim fica cheio de folhas e tenho que limpar.
Os pássaros ficam no muro ou no telhado dando seu recado que querem frutas.
Ficaram clientes do delivery free de frutas do jardim e começam a fazer ninhos.
Por esse lado a pandemia me deixou mais tempo no jardim, plantando e replantando, e em especial as ervas aromáticas que fazem muita diferença nos pratos mais simples.
Adoro a natureza. Às vezes vou ao jardim à noite e olho para o céu. De madrugada é melhor ainda, menos luz dos prédios e o céu parece ser só meu.

Dá uma paz e vontade de agradecer sempre ao Universo.

Tem dias que fico em casa trabalhando nos afazeres domésticos e quando vejo o dia se foi.
E não falei com ninguém, fiquei só e muito bem.
Esse é um outro aprendizado, o convívio com nós mesmos, se aceitar e se perdoar.

Quem disse que não tem o lado B dessa fase difícil! Olha para o céu e agradece sempre.
Medite e ore! Vá por mim.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *