Amigo de fé, irmão e pai camarada


Amigos, eu tive um verdadeiro pai que foi o meu chefinho especial: Seu Egon. Tive a sorte de estar ao lado dele em um período super legal, mas meio complicado, coisas de jovens meio dramáticas.
Eu posso creditar na conta dessa amizade pelo menos uns 20% daquilo que eu sou em todos os sentidos. Foi ele que me ensinou a escrever. Fora isso, um senhor super refinado, cultíssimo. Nossos papos sempre foram enriquecedores.
Certa vez uma colega perguntou para mim se era verdade que ele falava seis idiomas. Eu não me lembro mais quantos ele falava, mas eu, filhota orgulhosa, disse que sim. Só que nesse dia, não sei por qual motivo, ele chegou ao trabalho muito fulo da vida e eu caí na asneira de dizer para ele o papo que eu tinha acabado de ter. Disse ele:
“O que importa não é falar seis idiomas, o que importa é ter caráter”
Essa frase acabou virando um norte na minha vida e eu e o maridão dizíamos sempre isso quando havia alguma situação que merecesse.
Pois bem, hoje lembrei disso por causa de uma pessoa especial e eu quero dizer que o seu caráter sempre foi, é e será para sempre inabalável. Querida pessoa, você chorou hoje, mas não chorará amanhã. Hoje você foi prejudicada, mas isso vai passar. Quem foi desonesto chorará mais tarde.
Os amigos marcados não têm nada a ver com o assunto. Apenas foi para dividir um carinho meu com pessoas que igualmente amaram o Seu Egon.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *