Tudo o que você precisa saber sobre a criptografia das suas conversas no WhatsApp

O WhatsApp anunciou ontem que todas as mensagens trocadas pelos usuários, sejam de texto, foto, vídeo ou voz, passaram a ser criptografadas de ponta-a-ponta. Confira uma breve explicação sobre o significado disso e saiba como essa novidade se encaixa no seu dia a dia.
Atualização do WhatsApp finalmente traz criptografia de ponta a ponta
Doze dicas para o WhatsApp que você já deveria estar usando
O que é a criptografia de ponta-a-ponta no WhatsApp
Dizer que as mensagens do WhatsApp são criptografadas de ponta-a-ponta significa que apenas o remetente e o destinatário das mensagens são capazes de ler o seu conteúdo.
Em resumo, agora as suas informações e comunicações pessoais e digitais não estão mais vulneráveis, mas protegidas. Você pode falar, escrever ou enviar a imagem que quiser sem se preocupar se o servidor do WhatsApp ou terceiros irão interceptar e ler as suas mensagens.
Você pode falar, escrever ou enviar a imagem que quiser sem se preocupar
A expressão “de ponta-a-ponta” ou “end-to-end” é a certificação de que o WhatsApp não será capaz de descriptografar as mensagens por conta própria, mesmo que a empresa seja obrigada por força da lei. Assim, a empresa vai configurar a troca de “chaves” entre os usuários, mas apenas os dois participantes terão acesso à própria conversa.
Dicas para aumentar a segurança no Android
Você precisa confirmar o uso da criptografia?
Cada conversa no WhatsApp possui um código próprio relacionado com a segurança. Assim, o conteúdo da conversa é embaralhado ao ser enviado e decodificado apenas ao chegar ao smartphone do destinatário. O QR Code ou o número que aparece em seguida e conta com 60 dígitos (imagem abaixo) podem ser comparados entre você e os seus contatos no chat.
Contudo, essa ação é opcional, visto que a criptografia é feita de forma automática.

whatsapp-update-criptografia-0-w782A confirmação é opcional, o usuário faz se quiser / © ANDROIDPIT

Quando você estiver lado a lado com um dos seus contatos, basta escanear este QR code. caso contrário, basta compartilhar o código numérico clicando no símbolo localizado na parte superior direita. Depois disso, se o sinal for verde, a criptografia da conversa estará ativa; se for vermelho, o recurso ainda não está funcionando.

Como contar com a criptografia de ponta-a-ponta no WhatsApp
O novo recurso de segurança, que impossibilita o acesso ao conteúdo das conversas entre os usuários, já está disponível a partir da versão 2.16.10 do aplicativo. Neste momento, para ter essa versão de forma automática é preciso fazer parte do programa de atualizações beta do WhatsApp, ou baixar o apk do app através do APK Mirror (um serviço de terceiros).
O novo recurso de segurança já está disponível a partir da versão 2.16.10
Depois que você instalar a versão 2.16.10 ou superior, a mensagem abaixo vai aparecer assim que você enviar qualquer mensagem um dos seus contatos, tanto em conversas individuais quanto em grupos:

whatsapp-criptografia-mensagem-w782A atualização é automática e passa a fazer a criptografia de dados das suas conversas / © ANDROIDPIT

A encriptação das mensagens é automática e acontece durante o tempo em que o celular estiver ligado. O recurso está disponível para celulares com Android, iOS e também para quem utiliza o
WhatsApp no PC por meio da ferramenta WhatsApp Web.
O WhatsApp ainda sabe com quem você está conversando em sigilo
Apesar de nem mesmo os engenheiros e funcionários do WhatsApp serem capazes de acessar os conteúdos que aproximadamente um bilhão de usuários ativos trocam diariamente (42 bilhões de mensagens por dia), como lembra o engenheiro de segurança Micah Lee, é preciso ter em mente que a plataforma não garante o sigilo sobre com quem você está falando no WhatsApp.
A plataforma não garante o sigilo sobre com quem você está falando no WhatsApp
Acessando a página oficial de informações legais do WhatsApp, na seção “Privacidade” encontramos a seguinte informação:
“Apesar do que está escrito acima, o WhatsApp pode guardar a informação sobre a data e a hora associadas às mensagens entregues com sucesso e os números dos telefones celulares para os quais as mensagens foram enviadas, bem como qualquer outra informação que o WhatsApp seja legalmente obrigado a recolher.”
Assim, o serviço ainda deixa abertas questões como o acesso da justiça aos dados de conversas dos usuários, mesmo podendo alegar não ter condições técnicas para atender ao pedido, visto que as chaves criptográficas não ficam em seu poder, mas nos smartphones dos usuários do WhatsApp.
E aí, você ainda possui alguma dúvida sobre o novo recurso de criptografia de ponta-a-ponta do WhatsApp? O que você achou desta integração completa de segurança no serviço de mensagens?

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *