Novidades Tecnológicas: como funciona a tecnologia vestível

Há alguns anos atrás, não era previsível que em questão de poucos meses, mais de 3 milhões de pessoas, comprariam um relógio que informa as horas, mas também, monitora atividades físicas, frequência cardíaca, detecta níveis de estresse e caso seja necessário, realizar exercícios respiratórios guiados.

Essa pulseira inteligente também informa calorias gastas, níveis de oxigenação, analisa a qualidade do sono, além de mostrar notificações em seu display. Esses recursos estão integrados na tecnologia vestível da marca Xiaomi – a Mi Band 6, que alcançou uma venda expressiva, em muito pouco tempo.

Essa tecnologia incorpora sensores inteligentes em wearables, embora, na maioria das vezes sejam encontrados em dispositivos usados no pulso, existem várias outras opções com esse sistema adaptado, como:

Anéis inteligentes

Estes dispositivos vestíveis podem monitorar temperatura, atividade física e sinais cardíacos. Alguns modelos possuem conexão por Bluetooth 5.0, têm alto-falante e microfone com cancelamento de ruído, funcionam pareados com smartphones. Além de fazer ligações, pagamentos por proximidade “NFC”, abrir fechaduras inteligentes e até mesmo compartilhar e armazenar informações. Esses anéis podem ser compatíveis com Siri e Google Assistant.

Roupas Inteligentes

Sensores cada vez menores são inseridos em tecidos, e transformam camisetas, jaquetas de jeans, e calças de yoga, em roupas inteligentes. Conectadas aos smartphones, elas transmitem uma série de informações para quem está usando.

Um número grande de empresas de tecnologia e marcas de roupas famosas entraram para esse mercado, sendo Samsung e Google, consideradas as que mais investem no segmento. O Google desenvolve pesquisas com o Projeto Jacquard, e a Samsung com foco relacionado a saúde, tem planos para criar uma camisa inteligente, que possa detectar sinais que alertam sobre doenças pulmonares.

A tecnologia vestível é implementada nas calças de yoga Nadi X, onde sensores táteis rastreiam e dão feedback sobre as posturas que estão sendo realizadas. Essas calças inteligentes, emitem pequenas vibrações na parte do corpo que precisa de correção na postura. O app da marca, disponibiliza instruções para séries de exercícios em uma aula de yoga pessoal. Essa roupa pode ser lavada na máquina, após a remoção da bateria que fica conectada na altura do joelho.

Os avanços da Internet das Coisas – IoT, sensores menores e poderosos, velocidade de transferência de dados muito mais rápida, impulsionam o desenvolvimento da tecnologia vestível. E os wearables, vão revolucionar a vida das pessoas, em um tempo cada vez menor. 

O Google em 2020 aderiu ao movimento das “tatuagens inteligentes”, para começar a desenvolver sua própria versão dessa tecnologia. As tattoos com sensores, aplicadas na pele, permitirão o uso como de um touchpad.

Fonte: amelhorescolha.com

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *