Microsoft anuncia o Windows 11

A Microsoft anunciou nesta quinta-feira (24) que a próxima versão do Windows será chamada de Windows 11. O anúncio foi feito em um evento online marcado, ironicamente, por dificuldades técnicas que interromperam a transmissão em vários momentos.

Novo visual

O sistema operacional terá um visual renovado, com um novo design para o menu iniciar e a tradicional barra de tarefas que é consistente com o apresentado em uma versão preliminar do sistema que vazou na internet há cerca de uma semana.

Novos recursos como Snap Layouts e Snap Groups oferecem novos modos para organizar janelas e apps abertos e retornar a eles mais tarde. Um novo recurso minimiza todas as janelas em um monitor externo quando ele é desconectado do micro, e as restaura quando ele for reconectado.

Também há mudanças para tornar o uso com telas de toque mais fácil, incluindo o suporte a gestos na tela, um novo teclado virtual (que parece ser derivado do Swiftkey, adquirido pela Microsoft em 2016), suporte a canetas com “haptics” (feedback tátil das ações na tela) e um novo sistema de reconhecimento de voz permite que comandos e textos sejam ditados, com reconhecimento automático de pontuação.

Para facilitar a conexão entre usuários, o Windows 11 traz o Teams integrado ao sistema. A ferramenta, que foi lançada focando no mercado corporativo, está aparentemente sendo redesenhada para o público geral, como uma alternativa ao Messages da Apple. O botão do Teams na barra de tarefas traz uma lista dos contatos mais recentes, facilitando o início de uma conversa, seja por voz, texto ou videochamada.
Mudanças para os gamers

O Windows 11 também tem novidades para os gamers. A Microsoft está integrando o GamePass ao Windows, oferecendo acesso rápido a centenas de jogos, de estúdios próprios como a Bethesda, todo o catálogo do serviço EA Play da Electronic Arts e jogos selecionados de desenvolvedores pequenos e grandes.

Seu serviço de streaming de jogos, o “xCloud”, também está incluso. Com ele, usuários de qualquer PC, não importa a configuração, poderão jogar os últimos lançamentos em jogos para o Xbox e PC com qualidade gráfica máxima, sem precisar esperar um download ou ocupar espaço no micro.

Além disso, o recurso Auto HDR promete melhorar a qualidade gráfica em jogos e hardware suportado, e o DirectStorage permitirá que os jogos, em máquinas compatíveis, acessem o disco e carreguem dados em alta velocidade, sem atrasar o desempenho do sistema e reduzindo o tempo de “Loading”.

Nova loja com apps Android

A loja de aplicativos do Windows, Microsoft Store, também foi redesenhada e agora permite apps de qualquer tipo, de “progressive web apps” (PWAs) a apps desktop tradicionais.

A Microsoft permitirá que empresas adicionem suas próprias plataformas de distribuição à loja, como a Steam ou Epic Store. Neste caso, a empresa não cobrará comissão por apps vendidos nestas lojas.

A loja também terá suporte a aplicativos Android, que agora irão rodar “nativamente” dentro do Windows, com integração à Amazon App Store. Um dos apps demonstrados foi o popular TikTok.

Quando sai?

Segundo a Microsoft, o Windows 11 será uma atualização gratuita para quem já tem o Windows 10. Entretanto, uma data de lançamento não foi informada.

O sistema atual, Windows 10, será suportado até 14 de outubro de 2025.

Fonte: Olhar Digital, por Rafael Rigues

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *