Mistérios da sorte

Imagem: Arquivo Google – Cults e Raridades

Ninguém sabe nem nenhuma ciência explica o transe místico e a possessão por entidades em terreiros de candomblé ao ritmo hipnótico de cantos e batuques, ou pelo Espírito Santo, em igrejas batistas afro-americanas, ao som do órgão e do coro gospel. É o mesmo mistério.

O mistério do transe me leva ao da sorte, que para alguns se apresenta em forma de proteção e intervenção divina, e para outros é puro mistério.

O que faz alguém estar no lugar certo na hora certa? Ou longe do lugar errado. Como entender “coincidências” e “acasos” improváveis e implausíveis? Por que alguns têm e outros não? Que sorte tem o espermatozoide que chega primeiro ao útero.

Ser atingido por um raio só pode ser explicado pela falta de sorte. Mas ser atingido duas vezes por um raio, como aconteceu a um lavrador brasileiro, e não morrer,é o máximo da sorte. Ou acriança que sobreviveu ao desastre de avião que matou 280 pessoas na Tailândia. Ou Joãosinho Trinta, recém-chegado ao Rio de Janeiro, sem comer há dois dias, achando uma nota de 100 cruzeiros no Jardim da Glória. Ou perder o voo que caiu.

Coisas ruins acontecem a todos, mas nem sempre são falta de sorte, podem ser escolhas erradas ou oportunidades para a verdadeira sorte se manifestar no desfecho, geralmente associada a talento, esforço, determinação, competência, capacidade de aceitar e aprender com fracassos e saber que ninguém faz nada sozinho. Assim como avida, a natureza, o cosmos, a sorte não é justa, não beneficia só quem merece. É bom não contar com ela, tentar resolver sozinho, ela se manifesta quando menos se espera e é mais necessária.

Mas a sorte é enganadora e traiçoeira, às vezes parece ser,mas depois se revela o seu inverso, aquela palavra de quatro letras que não se fala. O que é a sorte de uns podes era má sorte de outro. A sorte pode ter consequências nefastas, já desgraçou a vida, levou à morte alguns sortudos que ganharam grandes prêmios na loteria.

É como dizia o craque Johan Cruyff, “quanto mais treino, mais sorte tenho.”

Notícias Relacionadas

1 Comentário

  • Avatar
    Ademar Amâncio , 8 de dezembro de 2019 @ 08:43

    Eu faria uma correção no segundo parágrafo,”intervenção divina” e ”puro mistério” são a mesma coisa,os céticos preferem a palavra acaso.Sorte a minha de espírita-reencarnacionista,não existe sorte ou azar,o ser humano só atrai o que já está dentro dele.A minha atual existência sempre foi a mais difícil de todas,mas mexe com a minha vida e verás o motivo,plantamos e colhemos o tempo todo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *