Reflexões de fim de ano

Eu confio inteiramente no ministro Sergio Moro? Sim. Acho que o Ministro é um orgulho nacional? Sim. Mas isso não significa que eu concorde 100% com ele.

Por exemplo, ele é favor do desarmamento. Eu sou contra.

Isso quer dizer que eu estou certa e ele errado? De jeito nenhum. Ele certamente sabe mais do que eu. Mas, com todo respeito, continuo a favor da posse e do porte de arma. Até o dia em que TODOS os bandidos forem desarmados e o Estado garanta a segurança minha, da minha família, dos meus amigos e de TODOS os cidadãos brasileiros.

Não tenho conhecimento jurídico, mas por tudo que li, pelo menos agora sou contra o Juiz de Garantia.

Por não ter vetado uma lei que não foi feita por ele o Presidente foi traidor? Não.

Mas o Presidente Bolsonaro acerta 99% das vezes. Mesmo assim é incessantemente atacado. Se errar 1% estamos no lucro.

E a lei não retroage, a não ser para anular sentenças que interesse anular a certos ministros do STF.

Por isso não vai favorecer o Flavio Bolsonaro. É mentira da extrema esquerda, do Antagonista, do chilique Moura Brasil e dos de sempre.

O Congresso fez a Lei? Que derrube a Lei. Dai a César o que é de César.

Por que não cobram do Congresso Nacional a aprovação de leis vergonhosas? Porque não interessa. O establishment só quer saber de afastar o Presidente Bolsonaro para voltarem a ROUBAR. Esse é o motivo. Sem corrupção os “campeões” nacionais e a nomenclatura não sobrevivem.

Aliás, alguém já reparou que TODOS os ministros do STF são progressistas (de esquerda), escolhidos a dedo?

Ouvi no outro dia um jurista comentar que o STF já deu um golpe de estado ao se autoproclamar a última palavra da República.

O Presidente, numa trincheira contra os desmandos da Suprema Corte e do Congresso Nacional é quase um fantoche. Ele faz o que pode. Um golpe está fora das cogitações do Presidente mais democrático da História recente deste país.

A meu ver, a maior ameaça que temos hoje à democracia é um STF que resolveu legislar e que rasga a Constituição sempre que lhe convém.

O que fazer? O Senado Federal, com senadores que dependem de decisões do STF para continuarem soltos, não cumpre o seu papel constitucional. E o que diz o Ministro Sergio Moro? Diz que decisão do Supremo não se discute, cumpre-se.

É a isso que chamo uma sinuca de bico. O que fazer? Não sei. Só sei que não vou ajudar a atacar o Presidente que está cercado por uma alcateia de esquerda, corruptos e sedentos pelo poder pronta para acabar com ele. Devorá-lo.

Como dizia Luigi Pirandello, assim é, se lhe parece.

Boa sorte para todos nós.

Que ventos favoráveis soprem sobre o Brasil em 2020.

Força Capitão. Conte com minhas orações.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *