Eu e o Facebook… fim de uma relação!

Imagem: Google Imagens – Fiat Lux
Queridos amigos, agradeço por esses dez anos de amizade virtual. Encontrei amigos no mundo inteiro que estavam tão longe mas ficaram tão próximos.
Muitas coisas boas aconteceram, mas isso mudou. Esquecemos do que ensinou Margaret Thatcher: não existe almoço grátis. Prometeram que era de graça e sempre seria. O verdadeiro preço? Nossa liberdade. Mas liberdade é inegociável.
Entramos na era de um domínio único e global. Se tomaram até o Vaticano, que abandonou valores eternos por “justiça social”, tomar a imprensa, a justiça, a política e as redes sociais foi fácil.
A esquerda agora é um instrumento desse poder satanista, pedófilo, genocida que dominou o mundo.
Conseguiu dominar os Estados Unidos com eleições fraudulentas e chantagem. Usando o medo para acuar a população. Medo de um vírus que mata oito vezes menos do que a fome. Mas, para salvar essas vidas basta dar alimentos.
Como os laboratórios vão faturar com comida? As máscaras são as tomadas de três pinos do flango flito, só que foram implantadas no mundo inteiro. Um negócio da China. Preste atenção: quem ganhou com o vírus?
O preço da grandeza é a renúncia, ensinam os sábios ao longo dos séculos.
Por grandeza não me refiro a dinheiro, poder nem sexo.
É claro que não alcançarei a elevação espiritual desses seres iluminados. Não passo de um grão de areia no fundo dos vastos oceanos. Mas vou apagar minha conta no Twitter e no Instagram. É um gesto simbólico de protesto, tendo em vista a minha insignificância. Recolhimento e silêncio fazem bem para a alma.
Se alguém precisar falar comigo, meu e-mail é luciasweet21@yahoo.com. Por favor, não toquem em política.
Em tempos de ditadura é perigoso dizer o que pensamos. Perdemos. Vi muito bem o que acontece com quem defende os governos que estão derrubando. São calados, presos sem processo, assassinados ou ficam paraplégicos. Solidariedade? Nenhuma. Apesar da esquerda pedir tolerância enquanto não tomam o poder, ao tomar o poder mata os inimigos.
Ninguém que comete crime em nome do flango flito, o braço político da dominação, é preso. São “manifestantes”. Mas se você discorda deles, você é “terrorista” e atenta “contra a democracia”.
Estarei no Parler como @LuciaSweet, enquanto não derrubarem o Parler.
Vou deixar minha conta no Facebook aberta até conseguir copiar meu conteúdo, mas não vou mais postar.
Quem sabe faço um site, para postar as músicas do Tomaz e minhas receitas? Sim, porque política, nunca mais.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *