”Ao que te bate numa face, oferece-lhe também a outra.”

Eu sou muito ignorante perto de tanta gente que sabe tudo. Mas, com minha falha compreensão, pelo pouco que eu consegui entender dos ensinamentos de Jesus, ele não defendeu especificamente as árvores, nem a floresta, nem os bichinhos, nem os imigrantes. Isso é coisa da atual igreja progressista. Ele ensinou o Amor. Ao amarmos uns aos outros tornamo-nos seres amorosos e nosso amor se expande e derrama por toda a Criação.

Mas devo estar errada. O que li de católicos defendendo o tapa que o papa deu numa devota não está no gibi, como se dizia antigamente. Ela deu um puxão vigoroso em Francisco, que não apenas se desvencilhou, mas bateu de volta na mão dela. Voltou ao antigo testamento: olho por olho, dente por dente? E pediu desculpas, não pela falta de compaixão, mas pelo “mau exemplo”!!!

O Papa agiu como ser humano, concordo, mas não como líder espiritual da Igreja. Aliás estamos mesmo no fim dos tempos.

Já repararam que temos DOIS papas? Mas, ser Papa não é um cargo vitalício? Afinal o Sumo Pontífice não é o diretor de uma ONG que pode renunciar. Como eu escrevi acima, desculpem, sou muito ignorante mesmo. Porém, entre um dos papas que faz vista grossa ao massacre de cristãos pelos muçulmanos – um verdadeiro genocídio – à profanação e destruição de igrejas por todo o mundo (poderia citar outros sinais inquietantes) e outro que permanece em silêncio, eu fico com os ensinamentos sublimes do doce rabi da Galiléia. Quem sabe um dia eu consiga colocá-los em prática? Acho difícil.

Jesus ensinou: “Digo, porém, a vós que me ouvis: Amai os vossos inimigos, fazei o bem aos que vos odeiam, bendizei aos que vos maldizem, orai pelos que vos insultam. Ao que te bate numa face, oferece-lhe também a outra; e ao que te tira a capa, não lhe negues a túnica. Dá a todo o que te pede; e ao que tira o que é teu, não lho reclames. Assim como quereis que vos façam os homens, assim fazei vós também a eles.» (Lucas 6:27-31)

Será que Francisco vai à Rússia?

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *