Tchau, querido!

Em que lugar do mundo um ministro de Estado, e ministro da “Justiça” grava o presidente do país por 15 meses, desde o momento em que assume, deixa o cargo num momento de pandemia e fragilidade do povo e há quem defenda colocar esse sujeito como candidato a Presidência da República?

Aliás, fosse em certos países, o elemento no mínimo estaria prestando depoimento atrás das grades por ameaçar a segurança nacional e o Estado de Direito.

Já em outros, que são admirados pelos que admiram esse camarada, ele nem estaria mais aqui nessa “plataforma planetária” para exibir a cara de songo mongo que tem.

Um débil mental que enfiaram como boneco de ventríloquo numa operação que funcionaria para “lavar a alma do povo”, mas que já teria o esquema montado no STF para jogar por terra tudo o que foi feito?

Conta o podre

Fazer o povo de palhaço foi proposital ou tem alguma coisa podre no tal “reino da Dinamarca”?

Dizem que certa notinha em jornal paulista, “sucursal” do PSDB, foi um recado para certo candidato a ser candidato à presidência desistir da disputa. Contam que havia um vídeo comprometedor. E a notinha mandava o recado.

Qual o “detalhe” que não foi dito?

O sujeito estava atuando o tempo inteiro nas falas, no gestual nas sentenças? Desvendou o maior mecanismo de corrupção do país com uma equipe de jovens procuradores.

Onde foi que a porca torceu o rabo?

A oferta foi irrecusável ou não era possível recusar?

Ah, vai ver era agente duplo! Acho…. E você?

E vendia Avon nas horas vagas pra ver se comprava um puxadinho. Quem sabe um sítio em Atibaia.?

Saiu “Moros” bonequinho de ventríloquo da turma do Soros travestido do mix “múmia + vampiro de beira de estrada”

Agora vai ficar sem eira, nem beira. Alhos e bugalhos nele. Xô!

E nesse imbróglio, a estratégia do governo foi perfeita. Alexandre Ramagem era o nome para a direção da PF? Ah, mas eles falaram que era amigo, o cara era amigo do presidente.

Que chato ! Então ele fica na Abin e entra o número 2 da Abin para chefiar a Polícia Federal.

Depois dessa até Adélio apareceu com Covid19.

E Marcelo Freixo deu piripaque no mundinho on line após saber da nomeação e parece que virou até poeta: “Tem um mundo que se desfez, um cotidiano, relações e saudades! Vamos precisar de muita sabedoria e coragem para o que virá”

Eu ri. Ê mundo velho sem porteira!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *