Sérgio Moro e a Bruxa do Pica-Pau

Manchete que li hoje:

“Bolsonaro não gostou da entrevista de Moro no “Roda Viva’”.

Segundo o veículo de informação – ou desinformação, como prefiram – , o presidente teria detectado um “comportamento de candidato” no ministro durante o programa.

Curiosamente, outros veículos de informação – ou desinformação, como prefiram – criticaram uma suposta subserviência do ministro ao presidente.

Nem uma coisa, nem outra: quem assistiu a entrevista percebeu apenas o comportamento respeitoso do ministro para com o presidente. Algo que é normalíssimo e desejável em qualquer democracia. Nada de subserviência.

E, ao mesmo tempo, Moro deixou claro que, em 2022, não pretende se candidatar.

Alguns jornalistas brasileiros parecem aquela bruxa do desenho do Pica-Pau, que testava infinitas vassouras até encontrar a que voasse. “E lá vamos nós!”, quem lembra?

No caso, os jornalistas testam narrativas.

Vai que uma cola, né?

Não funcionou com a bruxa. Que droga.

E lá vamos nós.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *