Quer finalizar aquele relacionamento que já deu e não sabe como?

Imagem: Google Imagens – Can Stock Photo (meramente ilustrativa)

Use a polarização política!

Lembra como era difícil terminar uma relação nos tempos de antanho?

As desculpas esfarrapadésimas ditas?

– olha, Bruna, não é nada com você, sabe? O problema… é comigo!

E tem aquela clássica, imortal:

– Marcelo, é que… você merece alguém melhor do que eu!

Pronto! A polarização política veio bem a calhar para resolver esse problema das justificativas rotas e esfiapadas.

Vejam só:

– quer terminar, por que, Ricardo?

– nossas posições políticas incompatibilizam, Odete. Eu vô votar no Bozolino!

– COMO ASSIM, Ricardo?! Logo tu, que chama a Dilma de presidentA e americano de estadunidense?! Que história é essa? Tu sabe o hino da Internacional Socialista de cor. De cor, Ricardo! Não mete essa! Tu nem chama ele pelo nome! Fala o nome dele certo, quero é ver! Fala! – hungrunf… grrlgl… – não ouvi, Ricardo! Fala ALTO! – é BOLSONARO!!! Cabô, poha!!!!

Tem o outro lado também…

– Clara, que papo é esse? Terminou, como?!

– então, Márcio… é que eu vôvotá no Loola, e…

– votar no Loola?! Mas tu brigou com a família inteira, Carolina, para apoiar o Biroliro?! Agora, do nada, vem com esse caô?! Quero ver tu gritar: Loola Livre! Vai na janela e grite!!! Vai!

– aghgrlll…

– não tô escutando!

– FOI GOLPE! Foi GOLPE, poha!!!

Tá feliz agora?! Tá? Seus problemas acabaram, viu?

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *