Que a águia americana continue a voar livre

Foto: Liam Photos
Daqui a uma semana acontecem as eleições nos Estados Unidos.
Se, em condições normais, a escolha de um novo presidente americano já é um evento de interesse mundial, imaginem no mundo em que vivemos hoje, sob um ataque organizado das forças totalitárias que não se via desde o fim da Segunda Guerra Mundial.
Ao contrário do que pensa o senso comum, forjado por uma mídia quase sempre preocupada em manipular, em primeiro lugar, e distorcer – se não for possível manipular – os fatos, a verdade é que reeleger Donald Trump é mais do que apenas necessário – é imprescindível para a causa da Liberdade.
Não apenas nos Estados Unidos. Mas no mundo.
Estamos diante de um daqueles momentos em que uma decisão errada pode arruinar a resistência que ainda persiste – resistência não apenas às novas formas de totalitarismo que colonizaram o planeta ao longo das últimas décadas.
Mas de resistência às Trevas – assim, com maiúscula.
Porque, ao fim e ao cabo, é exatamente disso que estamos falando – e da luta que estamos lutando.
Luz, em tudo que esta palavra pressupõe.
Contra Trevas – e todos os seres que nela se ocultam.
Para o bem da humanidade, que a águia americana continue a voar livre.
Ao menos pelos próximos 4 anos.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *