O mais incrível é que você pode viver só, se bastar, sabe?

Foto: Sami Sert

O mais incrível é que pode parecer que há uma nuvenzinha em cima de sua cabeça, como um desenho animado do Picolino, lembra? Mas você sempre pode desenhar uma casinha com você feliz e um sol grandão sorrindo.

Pode parecer viagem, mas no fim da estrada pode ter uma paisagem de sonho! Há que de se ter coragem e peito para encarar a poeira e a lama do caminho, e pode ser que você tenha que trocar um ou dois pneus, vai que.

Contando ninguém acredita, mas, se você subir a montanha, talvez descubra que a vista lá de cima é surpreendente! Pode ser que você nem queira voltar mais, viu? Mais certo querer descer do outro lado e conhecer a cidade nova e reluzente.

Por falar em descobrir, por que não um país? Um mundo? Um amor? Já tirou seu passaporte? O dinheiro do porquinho? As teias do coração? Já mandou aquela vozinha chata dizendo “não vai dar certo” calar a DROGA da boca? Hein?

Pode parecer surpreendente mas, às vezes, o óbvio está estapeando a nossa cara e a gente não vê! Não vê! Pombas! O evidente pode ser espantoso!

E que você descubra bravura, que você se vista de destemor, que você ponha sua pintura de guerra, que você se erga a alturas inimagináveis, que você olhe do alto tudo que causa receio e ria, ria até doer a barriga…

Que você pegue só o que couber numa mochila velha ou numa bolsa Louis Vuitton, tanto faz, e pegue a estrada, pegue o carro, pegue o avião, pegue a mão de quem você ama, ou vá só. Mas vá. VÁ!

Deixe às suas costas tudo que, de alguma forma, contribui para manter seus pés atados à lama do chão, e nem lance um último olhar para trás, porque não vale a pena. Acredite. Não vale, não.

Abandone todas as certezas e convicções erradas que obstruíram sua visão e apenas siga o caminho. Pode parecer incrível, mas em uma das bifurcações e encruzilhadas, talvez você ouça música ao longe…

E o que vai descobrir sobre a estrada, sobre a vida, sobre ser feliz e sobre você,

Pode ser o mais incrível.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *