2 de julho de 2022
Colunistas Joseph Agamol

Todas as canções incríveis foram feitas nos anos 70

É uma das verdades inabaláveis do Universo, essa. E é um mistério insondável o fato de, entre o fim dos Beatles e o início da chamada “New Wave”, tantas músicas fabulosas terem sido concebidas e/ ou executadas.

Imagm: Google Imagens – Medium

Não estou comparando aqui com o puro ouro dos anos 60, de masterpieces compostas por John, Paul, George e Ringo, por exemplo, ou por seus conterrâneos do Yes e do Pink Floyd, dos Stones e tantos outros.

Mas as canções dos 70’s, em sua maioria, são pérolas pop até hoje carregadas por um frescor, por uma sensação inebriante – e é esta palavra adequada, “inebriante” – , por uma sonoridade cristalina, clara, de tal modo pura e purificadora que só posso definir como o som perfeito, a trilha sonora definitiva e definidora de tudo que é novo, esperançoso, belo, vigoroso – jovem, enfim.

Ouçam “Hooked on a Feeling”, na versão da banda sueca Blue Swede – aquela da irresistível introdução com “ruka-chaka ruka chaka ruka ruka ruka chaka” – e “Come on Get Your Love”, da banda formada por descendentes de nativos americanos Red Bone, e voltem aqui para a gente conversar.

Deixei as canções nos vídeos abaixo:.

author
Professor e historiador como profissão - mas um cara que escreve com (o) paixão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.