7 de julho de 2022
Colunistas Joseph Agamol

Tempos voláteis, homens esquivos

O filósofo inglês Roger Scruton fez menção, na introdução de um de seus livros, aos tempos voláteis em que vivemos.

Forma elegante de dizer que tudo aquilo que foi rocha sólida, hoje, fragmenta-se.

O estilhaçamento de nossa época produziu inversões de valores e transtornos sobre os papéis de homens e mulheres.

Se elas endurecem, como forma de sobrevivência, eles, por seu turno, tornam-se fugidios.

Esquivam-se. Ao seu papel. Ao seu destino. À tudo aquilo que os tornou o que foram, ao longo do tempo.

Eu penso em tudo isso ao ver a foto do piloto James Hunt, em 1976, indomável, em seu capacete negro, senhor de sua máquina, feroz dono de seu destino.

author
Professor e historiador como profissão - mas um cara que escreve com (o) paixão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.