1 de julho de 2022
Claudio Tonelli Colunistas

Quem confia nas enquetes da Jovem Pan?

Um estudo técnico realizado por um especialista em fraude eleitoral, deixou claro que houve manipulação na enquete do programa Entrelinhas da Jovem Pan, intitulada: “Você confia na urna eletrônica?”, promovida entre os dias 21/02 e 02/03/2022. Durante a votação na enquete foram detectados vários ajustes não explicados aos votantes. Confira abaixo as manipulações apuradas:

No dia 22/02/2022, às 11h08, a enquete contava com 75006 votos, apontando que 49,1% dos votantes “NÃO” confiavam nas urnas eletrônicas, conforme imagem abaixo:

No mesmo dia 22, às 19h27, o total de respostas estranhamente baixou para 67322 respostas e o resultado foi modificado radicalmente, aumentando para 98,9% o índice de “NÃO” confia na urna eletrônica, conforme imagem abaixo:

Às 20h10, do mesmo dia 22/02, a enquete aparece com apenas 3355 votos e praticamente empatada, levando a crer que a enquete foi zerada propositalmente, e haviam robôs votando incessantemente para manter a enquete equilibrada, vide figura abaixo:

A partir de então, a enquete passou a ser monitorada de tempos em tempos, chegando a atingir 85,1% de votos “NÃO”, no dia 24/02, às 13h12, com 24118 respostas. Quando foi 15h05, do mesmo dia, detectou-se uma queda de 19,3%, derrubando os votos “NÃO” para 65,8%, sendo percebida a elevação da frequência de 66 votos/minuto. Outro momento similar aconteceu entre o dia 28/02 e 01/03, onde são derrubados mais 19,5%, alterando o resultado radicalmente de 66,7% para 48,4% que “NÃO” confiam na urna eletrônica. No dia 02/03, a enquete é encerrada, carregando um resultado final totalmente questionável, visto tanta manipulação. Veja a planilha abaixo:

Outra enquete com o mesmo tema foi promovida pela Jovem Pan em 29/07/2021, onde 18787 pessoas votaram e o resultado dizia que 97,3% NÃO confiam na urna eletrônica.

Percebam a similaridade do resultado da enquete publicada em julho/2021 e do resultado do dia 22/02/2022, onde ambas aparecem com índices de desconfiança da urna eletrônica entre 97% e 98%.

É perceptível que ocorreram alterações não provocadas por humanos, que não podemos alegar que foram pela Jovem Pan, ou por terceiros, que poderiam se utilizar de scripts (bots), modificando os resultados por conveniência, justamente para demonstrar que a população está dividida em relação à confiança no voto eletrônico puro.

Segue o link da enquete de julho/2021, que ainda está ativa na página da Jovem Pan: https://jovempan.com.br/programas/os-pingos-nos-is/enquete-os-pingos-nos-is-voce-confia-na-urna-eletronica.html

Resultado da enquete de 29/07/2021:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSf4G3NmIny7i7zWSDOb6Vscvl_MG9cdPXb3OZCvKQoganmikw/viewanalytics

Administrador e Consultor de Empresas, ativista político e estudioso de fraude eleitoral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.