18 de agosto de 2022
Colunistas Marco Angeli

Congresso: funcionários do povo

No dia 15 de março, os motociclistas estarão nas ruas com o povo brasileiro pelo Brasil.

Uma nação é exatamente como a casa de qualquer cidadão.
Não cuidada, acaba sendo invadida, depredada e roubada.
Imagine se um cidadão contrata alguém para realizar um serviço qualquer em sua casa, e de repente esse funcionário começa a roubar, mandar, como se a casa fosse dele.
É exatamente o que acontece com funcionários como Rodrigo Maia, Alcolumbre, deputados, toda a escória do STF, senadores…
São funcionários do povo, nada mais e nada menos.
É o povo que paga seus salários e privilégios desmedidos.
Mas, arrogantes e alienados, em sua ilha da fantasia, não se comportam como funcionários públicos que são.
Sonham em ser reizinhos, primeiros ministros, sem perceber ou compreender a própria mesquinhez e incompetência em gerir qualquer coisa que não seja o ‘toma lá da cá’ com seus iguais.
Foi exatamente para essa matilha que o general Heleno mandou o seu ‘foda-se’.
Que mobilizou o país.
No dia 15 de março, os motociclistas estarão com o povo brasileiro nas ruas, defendendo Jair Bolsonaro, a governabilidade e o Brasil.
Mais do que cidadãos, o povo que trabalha e paga impostos é dono dessa casa chamada Brasil.
Está numa escritura chamada Constituição.
Que diz que ‘Todo poder emana do povo.’
Isso ficará bem claro no dia 15 de março.
Fonte: www.marcoangeli.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.