24 de maio de 2022
Adriano de Aquino Colunistas

Viajandão

Zientifismo midiático é do balacobaco. É radicalmente contra mata piolhos e remédios setentões mas divulga nova onda psicodélica de viajandões contra o peste.

Publicar a ‘viagem’ de um grupo de pesquisadores da Universidade da Pensilvânia sobre o poder do ‘pensamento positivo’ para o sucesso da terceira dose de vacinas contra o Covid-19, sem informar que tipo de droga maneira os pesquisadores usaram para chegar a esse resultado, é sacanagem.

Eu tomei as vacinas, mas gostaria de tomar pelo menos uma dose dessa droga que os pesquisadores usaram.

A “ziencia” midiática está a um passo do barato coletivo da auto ajuda como meio de exterminar de vez o vírus asiático.

O pajé Anthony Cullen lacrou: “É tudo psicológico”.

Mescalina da boa rolou nesse laboratório.

Liberem o João de Deus!

Artista visual. Participou da exposição Opinião 65 Mam/ Rio de Janeiro, Propostas 66 São Paulo, sala especial "Em Busca da Essência" Bienal de São Paulo e diversas exposições individuais no Brasil e no exterior. Foi diretor dos Museus da Funarj, Secretário de Estado de Cultura do Rio de Janeiro, diretor do Instituto Nacional de Artes Plásticas /Funarte e outras atividades de gestão pública em política cultural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.