O STF e suas vergonhas

Imagem: Arquivo Google – Bahia Noticias

Pois é. O país afundado na corrupção, no crime organizado, na violência, com quase 70 mil mortes só este ano, guerra do tráfico, e o STF discutindo liberdade para ladrões e corruptos. É notório que vários ministros do STF vêm atuando de forma a livrar da cadeia inúmeros políticos e empresários envolvidos em corrupção. O movimento, agora, é mais radical, pretendendo-se dar ao presidente da República a liberdade de indultar inúmeros dos perigosíssimos presos pela Operação Lava-Jato. Esses criminosos já mataram, sem misericórdia, milhões de brasileiros.
O STF perdeu sua função elementar. Ser guardião da Constituição? Bobagem. Ao contrário do que professa Gilmar Mendes, o juiz do Supremo tem que ser sensível ao clamor público. Somente assim a lei evolui. Toda lei tem como base a Constituição. Se sua redação conduz a golpear a sociedade, é, justamente, no Supremo que deverá ser corrigida.
Enganam-se os que pensam que o ministro Barroso saiu derrotado ao proferir seu voto contra os que usurpam do poder para corromper e enriquecer. Os verdadeiros derrotados somos nós, que aceitamos uma Corte passar a maior parte do tempo tentando aliviar os que arrombaram os cofres públicos e que se entrega a uma drástica verborragia, mas nada diz a favor de uma sociedade que não aguenta mais ver tantos escândalos de corrupção e tantos bandidos serem soltos.
O ministro Ricardo Lewandowski, que quer liberar entrevista do ex-presidente Lula à imprensa, é o mesmo que mandou a Polícia Federal prender um advogado que criticou o STF durante um voo. Para um corrupto, liberdade de expressão. Para um cidadão honesto e indignado, mordaça e prisão. O STF — monopolizado por Lula, como se montanhas de processos de interesse de milhões de brasileiros não estivessem lá acumulados — é realmente uma vergonha.
Parabenizo o advogado que, oportunamente, falou pela maior parte dos brasileiros que “o Supremo é uma vergonha”. O ministro que mandou prendê-lo exacerbou, pois o que ouviu é a realidade. O povo trabalha para sustentar mordomias. Uma lástima… sem falar no aumento vergonhoso achincalhando os trabalhadores, com os 16% autoconcedidos.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *