Estamos desabastecidos de governo

Foto: Arquivo Google – http://www.oportomanguense.com.br/

Quem diria, o governo refém dos caminhoneiros! Vemos um Brasil, desestruturado, mal governado, um país rico mas ao mesmo tempo pobre porque não tem como investir, como produzir, como competir, como promover o bem-estar dos brasileiros e de quem aqui viver. Um país que vive só de política com suas artimanhas. Pensando bem, um país que optou pelo transporte rodoviário em detrimento do ferroviário, o que pode esperar? Um país sem ideias. Precisamos de mudanças urgentes.
O Brasil, por culpa dos últimos governantes pós-Vargas, é um país sobre pneus, contrariando o resto do mundo! Trem, agora, só para levar soja e minério de ferro para os portos, nada mais. Onde estavam os PhDs de Economia e Logística que não conseguiram, ao longo de décadas, enxergar o óbvio: concentração de renda e transporte único rodoviário são sinais de atraso. Esses dois fatores cruciais, somados à má qualidade de ensino e à corrupção generalizada, arrasam qualquer país, por maior que seja. Que os candidatos a presidente atentem para isso!
O sucateamento das ferrovias num país de grande extensão como o nosso, foi um “erro” histórico. Com aspas, porque não foi um erro: o sistema rodoviário atendeu, e continua atendendo, a “outros interesses”. Tivéssemos estas duas malhas em bom funcionamento, nada disso estaria acontecendo. Seriam duas opções, claro. Mas isso não explica todo este caos. Longe pensar que este movimento de greve dos caminhoneiros veio mostrar a fraqueza de um Executivo corrupto e incompetente; de um Legislativo corrupto e ocioso; de um Judiciário leniente e ocioso! Temer agora resolve enfrentá-lo com as Forças Armadas. Vamos à culpa? É nossa! Agimos por aquilo que nos atinge pessoalmente (assim achamos)… Mas, e pelo coletivo, pelo bem-estar da sociedade? Não! Dizemos: dane-se. Tudo bem, mas vamos assumir as consequências!
Agora está mais do que provado que os caminhões são a engrenagem que fazem o país girar, e não carros, ônibus, aviões, navios ou trens, como se pensava. Alguém tem alguma dúvida? Até porque, se pararem, tudo para. Simples assim!
Nosso país está desabastecido de governo, de honestidade e de seriedade. Precisamos abastecer o país de políticas sérias e justas.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *