Toro Loco é bom?

Além de Engenheiro aposentado, analista de TI, wine writer ativo, barista e queijeiro, sou a versão “personal” do Oráculo de Delfos, para alguns amigos. Vinho é a principal consulta.

Outro dia me perguntaram se o badalado vinho espanhol Toro Loco era bom.

Esta questão trouxe de volta o burburinho de 10 anos atrás, quando este vinho se tornou um hype em todo o mundo: seria o famoso bom e barato.

Vinhos espanhóis sempre foram bons. Como em todos os países produtores, alguns são ótimos, excepcionais, como o Vega-Sicilia, por exemplo. Faltava um vinho que fosse uma marca mais acessível e conhecida.

O Toro Loco entra nesta categoria, rapidamente se tornou uma mania.

Curiosamente, vem de uma região vinícola quase secreta na Espanha, Utiel-Requena. Está localizada na província de Valencia e recebe uma denominação DOP.

A principal casta é a Bobal, ocupando cerca de 80% dos vinhedos plantados. Atualmente existem cerca de 100 vinícolas nesta região, vinificando tintos, brancos, rosados e Cavas.

A marca Toro Loco tem uma interessante história. Bobal, no espanhol arcaico, significa cabeça de touro. Fica fácil perceber o Toro. Loco, é louco mesmo. Era como os locais se referiam a um vinhateiro francês, de origem bordalesa, que se estabeleceu por lá.

Foram 10 anos de muito trabalho, muitas amizades, até que este time binacional colocasse Utiel-Requena no mapa dos vinhos internacionais.

São 3.000 famílias coletando manualmente uvas plantadas em 10.000 hectares, com uma filosofia de cultivo orgânico.

A linha de produtos da vinícola é extensa, incluindo diversas versões do Toro Loco tinto. O original era um bem equilibrado corte de Tempranillo e Bobal.

Produzem um azeite extra virgem, com a mesma marca.

A Toro Loco é controlada pela Bodega BVC, que é associada a francesa Benoit Valérie Calvet.

Para saber mais, acesse: https://www.toroloco.wine/

Existem outras boas vinícolas em Utiel-Requena. De acordo com o Conselho Regulador da região, duas outras são de destaque: a Bodega DOP Vera de Estenas e a Chozas Carrascal.

                                                                                 Terras de Utiel-Requena

Pena que, no momento, as viagens de enoturismo não sejam possíveis. A Chozas Carrascal tem um interessante programa de visitas, além de extensa e deliciosa linha de vinhos, que inclui a denominação D.O.Pago.

Alguns de seus vinhos já estão à venda no Brasil.

Para saber mais: https://loja.chozascarrascal.com.br/

Saúde e bons vinhos!

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *