Portugal 18/19 – Visita à Quinta do Bomfim – Douro

Nosso programa era passar um dia no Douro, onde estivemos em 2014. Claudia, Tomás, Carol e eu rumamos para Vila Real, logo cedo, saindo do Porto. Como a visita estava agendada para às 15:00, tínhamos tempo de sobra para um turismo bem clássico.

Depois de comprinhas e um cafezinho, a próxima parada foi no Miradouro de São Leonardo de Galafura, um dos pontos mais altos da região e com uma bela visão para o vale do Rio Douro e seus socalcos. Infelizmente o tempo não ajudou. Uma densa neblina encobria tudo que desejávamos ter visto.

Para não deixar sem registro, fotografei o painel de azulejos na lateral da pequena capela que existe ali:

A hora do almoço se aproximava. Pegamos a estrada em direção a Peso da Régua, onde almoçamos no excelente Pratos e Castas. As fotos são quase explicativas: a completíssima carta de vinhos e o meu prato. Harmonizei com 1 taça de espumante rosado da Murganheira.

No horário previsto, chegamos na Quinta do Bomfim, no Pinhão. Pertence à família Symington, cuja presença na região remonta há cinco gerações.

Seguramente uma das mais bonitas construções desta região, preservada com todos os cuidados que se possa imaginar. Um brinco, como se dizia antigamente.

Na Bomfim, os visitantes poderão tomar contato com todo o funcionamento de uma quinta dedicada à produção de vinho do Porto e conhecer a fascinante história de um dos grandes vinhos clássicos do mundo. Nesta quinta é produzido, unicamente, o vinho do Porto Dow’s.

Os visitantes começam o circuito da visita numa antiga adega, transformada hoje num pequeno museu, o qual exibe a interligação que existe entre a história da propriedade, a família Symington e do próprio vinho.

Reproduzo a imagem de árvore genealógica, deste sobrenome, que se confunde com as origens deste vinho icônico:

Eis alguns destaques: Maynard (já exportava Porto em 1652), Kopke, Van Zeller e Symington. Para quem é do ramo, são nomes muito importantes neste cenário.

Atualmente controlam as seguintes marcas: Graham’s; Dow’s; Cockburn’s; Warre’s; Quinta do Vesúvio; Altano; P+S e Quinta do Ataíde.

A visita termina numa ampla sala de provas, onde os visitantes podem provar os vinhos do Porto e Douro DOC produzidos pela família.

Vinhos degustados: 3 portos da Graham’s; 3 portos da Dow’s; Altano Branco DOC; Quinta do Ataíde DOC, tinto; Quinta do Vesúvio DOC, tinto. Estupendos!

Este grupo produz um dos vinhos mais aclamados de Portugal, o Chryseia, em associação com Bruno Pratts (P+S), famoso pelos vinhos que elaborava no Château Cos d’Estournel (Bordeaux), por mais de 30 anos.

Era minha intenção investir numa garrafa destas. Para minha surpresa, fui aconselhado por nosso anfitrião a comprar o Post Scriptum, 2º vinho da casa. Segundo ele, na safra à venda (2016) estaria superior ao seu irmão mais velho.

Assim o fiz!

Saúde e bons vinhos.

(*) fotos obtidas no site da Quinta do Bomfim: https://www.symington.com/visit-us#viewGallery/0


CASA RIO VERDE FAZ A CURADORIA E FORNECE OS VINHOS DO FESTIVAL LOVE WINE, DIA 9/FEV, EM BH

Os vinhos da Casa Rio Verde, de Belo Horizonte, são oferecidos com exclusividade no badalado evento “Love Wine”. Até o momento são mais de 10 edições realizadas, tendo a  importadora como parceira. A próxima edição acontece no dia 9 de fevereiro, das 13h às 22h,  em um espaço ao ar livre no bairro Belvedere, em Belo Horizonte.

A importadora faz a curadoria e fornece os vinhos do evento que reúne amantes da bebida, boa gastronomia e música. São aproximadamente 35 rótulos de diversas nacionalidades.

A seleção privilegia espumantes e vinhos brancos e rosés, ideais para os dias quentes de verão. Entre os destaques desta edição estão o refrescante espanhol Casa Albali Rosé, o espanhol El Aviador  e o chileno Casanova Antaño Carmenere, ambos tintos leves.

Com 30 anos de atuação no varejo de vinhos em Minas Gerais, uma loja virtual (www.casarioverde.com.br) e sete lojas físicas na capital mineira, a importadora Casa Rio Verde trabalha com cerca de 400 rótulos, de 70 vinícolas, 50 delas exclusivas. Os vinhos são selecionados, após um trabalho incansável de pesquisa e degustação nos países produtores.

SERVIÇO:

Love Wine Verão

Data: 9 de fevereiro (sábado)

Horário: das 13h às 22h

Local: Av. Professor Cristovam dos Santos 444, Belvedere

Ingressos: de R$ 15 (entrada até 15h) a R$ 25 (entrada a qualquer horário)

Compras pelo site: sympla.com.br/love-wine—edicao-de-verao__447027

Mais informações: facebook.com/lovewinefestival

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *