Portugal 18/19 – Almoço na Quinta do Gradil


O nosso roteiro de viagem incluía alguns dias em Lisboa, onde uma agenda repleta de compromissos nos aguardava. Havíamos reservado um dia para visitar Óbidos e buscávamos uma alternativa para o almoço. Uma de nossas amigas, M.me VS, sugeriu a Quinta do Gradil, antiga propriedade do Marquês de Pombal, que foi recuperada e está sendo preparada para receber os mais variados eventos. Tudo isto apoiado num ótimo restaurante a cargo do renomado Chef Daniel Sequeira.
Situada em Cadaval, dentro da região vinícola de Lisboa (antiga Extremadura), está a cerca de 1 hora da capital portuguesa e a menos de 30 minutos de Óbidos, onde passamos a manhã. Nossa expectativa era grande. Desde os primeiros contatos, Dina Caetano, a encarregada da área de Enoturismo, se desdobrou para responder todas questões, prenunciando uma interessante visita, que foi totalmente confirmada.
A vinícola, pertencente ao grupo Parras, ainda está trabalhando na recuperação de algumas das antigas instalações. Por conta disto, não foi possível visitar os salões da mansão onde o Marques de Pombal e Conde de Oeiras, Sebastião José de Carvalho e Melo, e sua família, passavam a “estação calmosa”.

A gama de vinhos ali produzida é impressionante. O foco são vinhos acessíveis para acompanhar os pratos da boa mesa portuguesa. Um de seus rótulos, o Mula Velha, é vendido com exclusividade pela rede de supermercados Continente.
Outro ponto interessante é a variedade de castas que vinificam: Arinto, Viosinho, Chardonnay, Syrah, Cabernet Sauvignon, Tinta Roriz (Tempranillo), Touriga Nacional e Tannat. Alguns destes vinhos estão premiados como os melhores de sua região. O corte de Cabernet e Tinta Roriz é o melhor de Portugal, pelo segundo ano consecutivo.
Nossa guia, Bianca Batista, não só nos atualizou com a bonita história desta propriedade e da região, como nos levou pelos vinhedos e área de produção. Em seguida passamos para o simpático restaurante, onde conduziu a degustação de alguns vinhos, já harmonizando com o almoço.

O enxuto cardápio oferecia pratos de carne, peixe e da horta.
Eis os vinhos degustados:

Desde o Couvert até as sobremesas tudo estava delicioso. Optei pelos brancos, escolhendo uma refrescante salada de Pera-Rocha, acompanhada de folhas, lascas de queijo, nozes e vinagrete de frutas vermelhas. Ficou perfeito com o bom Chardonnay. Outro destaque foi para o corte de Cabernet e Tinta Roriz.

Resumindo, vinho não precisa ser caro para ser bom. A Quinta do Gradil foi uma ótima surpresa. Trouxe uma garrafa do Chardonnay, o vinho que, naquele dia, combinou com o meu paladar. Recomendo.
Saúde e bons vinhos!
Para visitar: https://www.quintadogradil.wine/pt/


CASA RIO VERDE ABRE INSCRIÇÕES PARA NOVAS EDIÇÕES DO CURSO DE INICIAÇÃO AO VINHO EM BELO HORIZONTE
Com a existência de uma infinidade de rótulos, a missão de selecionar o melhor vinho para cada ocasião não é tarefa fácil. Que tal começar o ano aprendendo um pouco mais sobre o assunto? Para isso a importadora Casa Rio Verde, de Belo Horizonte, promove novas edições do “Curso de Iniciação ao Vinho” dia 23 fevereiro (9h às 19h) e dias 11,12 e 13 de março (das 19h às 22h).
O programa do curso abrange entre outros itens:
– Harmonização vinho x comida;
– Como degustar;
– Principais países produtores;
– Climas e solos, tipos de videiras e de uvas;
– Serviço do vinho.
Na parte prática, são degustados 12 rótulos de estilos diferentes.
SERVIÇO
Datas: 23 fevereiro (9 às 19h) e 11,12,13/março (19h às 22h)
Local: Casa Rio Verde – Praça Marília de Dirceu, 104 – Lourdes
Valor do investimento: R$ 299 por pessoa (capacidade 18 pessoas) – sócios do VinhoClube da Casa Rio Verde pagam R$209,30.
Inscrições e informações: https://www.casarioverde.com.br/vinhos/cursos
Telefone: 31-3116-2300

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *