Avinhando a taça

Neste mês de junho participamos de duas degustações de vinhos portugueses. A primeira foi o já tradicional megaevento Vinhos de Portugal. A segunda foi uma degustação fechada dos Vinhos da Península de Setúbal.

Palmas para as duas em termos de organização e de variedade de vinhos.

Realizado no Casa Shopping, na Barra da Tijuca, é um verdadeiro festival com diversas atividades para Enófilos e famílias.

Desde a recepção e credenciamento até a lojinha, na saída, estava tudo dentro do esperado para um encontro deste porte.

O horário reservado para os profissionais estava tranquilo e permitiu além da degustação um papo com os principais produtores presentes.

Alguns companheiros foram pegos meio de surpresa: a degustação tinha hora de encerramento. Muito bom. Ficou bem mais fácil aproveitar o espaço dedicado para os especialistas.

O evento dos vinhos de Setúbal foi uma das melhores dos quais participamos. Só para convidados e com uma Master Class bem concorrida.

Experimentamos alguns vinhos bem diferentes e deliciosos, entre eles alguns brancos secos elaborados com a famosa Moscatel, tradicionalmente utilizada na elaboração do Moscatel de Setúbal.

Alguns destaques:

Avinhar a taça é a expressão que designa uma taça já “temperada” para degustar os mais diversos vinhos. Tem um pouco de mito ou de lenda, mas todos sabem que funciona.

Em degustações como estas, onde centenas de vinhos estão sendo oferecidos, não há tempo para ficar lavando a taça a cada troca de vinho.

Vale o velho jargão: Nada melhor para lavar um vinho do que outro vinho…

Saúde e bons vinhos, portugueses de preferência!

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *