Viagem à Costa Rica

Lucas e Pedro
Foto Yeda Saigh

Costa Rica Pura Vida
Paraíso dos surfistas, a Costa Rica é assim chamada pelos nativos devido a qualidade de vida que se leva lá. É um país que tem 25% do território em Parques Nacionais e áreas ambientais protegidas, e está decidido a se converter em um dos maiores destinos da América Central, já contando com dois milhões de visitantes por ano. De outro lado, parecendo até contraditório, graças a política econômica, a Costa Rica conseguiu atrair investimentos por parte das maiores empresas de tecnologia do mundo. Converteu-se em um exemplo notável de como as novas tecnologias e a preservação do meio ambiente podem conviver pacificamente.
Além de praias e ondas perfeitas o ano todo, a Costa Rica reúne as mais diversificadas atrações eco turísticas como vulcões, ativos e extintos, selvas tropicais, vales e serras, rios, savanas. Um verdadeiro paraíso tropical oferecendo surf de sonho, mergulho e rafting. As ondas vão de 2 a 8 pés e a melhor época para ir é de novembro a abril, na costa Caribenha, e o ano inteiro na costa do Pacífico, porém, de abril a novembro as ondulações de sul são maiores e mais constantes, mas chove muito. São duas estações: uma seca que dura de dezembro a abril e uma chuvosa que vai de maio a novembro.
Uma exclamação de um surfista brasileiro: “que delícia surfar sem sentir frio! o mar é quente e fora dele também! Não precisa por toda aquela roupa de neoprene!”
Para quem não é adepto do surf, existem diversos passeios para observação de animais, como os gigantes crocodilos, macacos, bichos preguiças e vários outros animais. Ninguém vai se arrepender deste programa, é uma curtição!

Por do Sol em Tamarindo
Foto Yeda Saigh

Picos como Ollie’s Point, Playa Grande, Playa Negra, Langosta, Pavones, Avellanes, Boca Barranca, Playa Hermosa e Salsa Brava são famosos mundialmente.
O país recebe o famoso Papagayo winds (ventos papagaios), que é um fenômeno climático causado por ventos que surgem no Caribe e atravessam o país gerando ventos offshore por mais de 300 dias por ano no norte do país. As condições de surf são definitivamente incomparáveis.
Vamos aos endereços:
HoteHotel Nicuesa Lodge
Nesse paraíso tropical, super confortável, a preocupação com a preservação ambiental está sempre presente. Você pode se deliciar relaxando, curtindo uma praia, fazendo yoga ou divertir-se, praticando um dos vários esportes que oferecem: canoagem, pesca, mergulho, surf, caminhadas na floresta, observação da vida selvagem, cavalgadas.
Nicuesa Lodge
Peninsula de Osa Golfo Dulce,
Golfito 1000, Costa Rica
Tel: +1 866–504–8116
Tel: +506–2258–8250
www.nicuesalodge.com

Hotel Nicuesa Lodge
Foto Yeda Saigh

Nesse paraíso tropical, super confortável, a preocupação com a preservação ambiental está sempre presente. Você pode se deliciar relaxando, curtindo uma praia, fazendo yoga ou divertir-se, praticando um dos vários esportes que oferecem: canoagem, pesca, mergulho, surf, caminhadas na floresta, observação da vida selvagem, cavalgadas.
Nicuesa Lodge
Peninsula de Osa Golfo Dulce,
Golfito 1000, Costa Rica
Tel: +1 866–504–8116
Tel: +506–2258–8250
www.nicuesalodge.com

Hotel Capitán Suizo
Foto Yeda Saigh
Praia Tamarindo
Foto Yeda Saigh

Um dos melhores hotéis para ficar para quem quer surfar: a praia Tamarindo é em frente ao hotel e é ótima para surfar. O hotel pertence a um casal suíço que chegou lá em 1992 com um casal de filhos e um cachorro. É muito simpático e de bom gosto, tem 30 apartamentos super bem decorados, uma piscina charmosa e um restaurante com bar.
O nome Capitán Suizo se deve a pequena ilha que fica em frente ao hotel com esse nome e aos donos que são suíços.
O hotel fica a quatro horas e meia de carro ou 45 minutos de avião do aeroporto San José, o principal da Costa Rica. Se você conseguir encaixar os horários é muito melhor descer no aeroporto de Libéria (45mns), e o de San José, 4hs e meia.
Capitán Suizo, hotel boutique
Playa Tamarindo, Guanacaste
Costa Rica
Tel: +506–2653–0075
Fax: +506–2653–0292
www.hotelcapitansuizo.com
Hotel Four Seasons
A área onde está instalado é enorme, parece uma fazenda, você anda de carro kms para chegar na sede, tem um campo de golf lindo desenhado por Palmer. Segundo as informações “ao vivo” do gerente do hotel: o hotel existe há sete anos, o arquiteto responsável é tico (costa riquenho), têm 165 apartamentos, incluindo residências privadas, e contam com 850 a 900 empregados. Visitei essas casas que são lindas e chegam a ter cinco suítes. O preço da diária é cerca de US 16.000,00!! Na América Central e do Sul, só tem na Costa Rica e em Carmelo no Uruguai, que por sinal é lindo.
Tudo é lindo, piscinas maravilhosas, todo conforto, até protetores solares e sprays Occitane à disposição dos hóspedes. Tem duas praias privativas, o único e importante senão é que as praias não tem ondas para os surfistas!!!

Hotel Four Seasons
Foto Yeda Saigh

Four Seasons Resort Costa Rica
Peninsula Papagayo
Guanacaste, Costa Rica
Tel: +506–2696-0000
www.fourseasons.com/costarica/

Entrada Four Seasons
Foto Yeda Saigh

O Hotel Mandarin e o Hyatt estão pensando em abrir filiais na Costa Rica.
Hotel Marriott
O Marriott se destaca em San Jose por pela arquitetura em estilo colonial e porque parece uma grande cocheira de muito bom gosto com um terraço em a volta toda com lindas redes brancas com rendas e franjas enormes. Tem uma churrascaria ótima além de dois outros restaurantes muito bons e o elegante Las Isabela.
É um lugar tranquilo para umas férias, mesmo sem surfar. O hotel tem três piscinas, um belo campo de golfe e um SPA.
Costa Rica Marriott Hotel San Jose
700 metros oeste da Bridgestone/Firestone
San Jose, Costa Rica
Tel: +506–2298–0000
www.marriott.com/hotels/travel/sjocr-costa-rica-marriott-hotel-san-jose/

Hotel Marriott
Foto Yeda Saigh

Hotel Lapa Rios
O casal de americano do Minnesota John e Karen Lewis venderam tudo no USA para adquirir a grande área de floresta tropical na Costa Rica, e montar uma pousada ecológica. O local é muito especial: no golfo Dulce, bem em frente ao Oceano Pacífico.
A preservação da floresta primária está garantida por um tratado com fins de conservação perene da área onde fica o resort. A reserva natural do Lapas Rios protege o Parque Nacional Corcovado, na península Osa, servindo como um muro de vida selvagem.
Construído a pouco mais de 100 metros acima do nível do mar, o resort recebe continuamente as brisas da floresta e do mar. O resort, o restaurante e os 16 bangalôs ficam a 15 metros acima do nível do mar. A vista que se tem é de tirar o fôlego!
Lapa Rios
12 milhas Sul do Puerto Jimenez na Playa Carbonera,
Osa Peninsula, Costa Rica,
Tel: +1-506-2735-5130
www.laparios.com

Hotel Lapa Rios
Foto Yeda Saigh

Nicoya, Samara, Nosara, Santa Cruz são alguns dos lugares onde se encontram algumas das praias mais importantes da região do Pacífico. Se passar para as Caraíbas, pode desfrutar de algumas praias, como a Talamanca ou Guapiles, na província de Limón.
O lado do Pacífico é mais selvagem, o lado Atlântico é mais um Búzios, com muito maluco, euro-trash. Vale a pena atravessar o país de um lado ao outro, uma vez que é bem estreito.
Praias da Região de Guanacaste
Uma das vantagens dessa região é usar como ponto de chegada o aeroporto internacional Daniel Oduber em Libéria, a partir de onde se tem fácil acesso a toda Guanacaste. Entre as praias dessa região: Coco; Tamarindo, com atmosfera internacional: lojas, restaurantes e hotéis; praia Grande e Paraíso.
Coco
Uma das melhores praias na Costa Rica é a Playa del Coco. Fica em Guanacaste, é sempre agitada e além do surf você pode pescar e mergulhar.
Tamarindo
É a praia mais quente para os surfistas. Qualquer um pode surfar nela, desde o mais expert até um principiante. Na praia de Tamarindo também tem: scuba, snorkel, ski, jet ski, catamarãs, kayake nos rios, wind surfing e vela. Além de tudo isso você pode alugar bicicletas e passear de buggy.
O hotel Capitán Suizo é em frente a essa praia. Tem ótimas lojas de surf e algumas boutiques simpáticas.
Guanacaste e Puntarenas são praias do Oceano Pacífico, vulcânicas na maioria dos casos, com areia branca e água um pouco mais fria do que as do leste.

Bar na Praia Tamarindo
Foto Yeda Saigh

Avellanas
É uma praia deserta com poucos hotéis, um lugar muito tranquilo com boas ondas. Lá se encontra o famoso Lola!! bar e restaurante é um dos lounges mais simpáticos da Costa Rica, uma instituição da região O nome do bar foi dado pela caprichosa diva de Avellanas: Lola, uma enorme e engraçada porca.

Lola, a porca
Foto Yeda Saigh

É um lugar para se ver iguanas, passarinhos, oferece conforto embaixo da sombra das palmeiras, com uma ótima cozinha. Você também pode fazer yoga e massagem.

Bar e Restaurante Lola
Foto Yeda Saigh

Negra
O Hotel Playa Negra é o único dessa linda praia, bem em frente ao mar e às ondas que deram fama ao local.
Ollie’s Point
Como todos os pontos no Pacífico Norte é melhor na maré alta e perigoso na maré baixa. Vale a pena ir, segundo surfistas que entendem do assunto.
Roca Brujas
Ou Pedra das Bruxas, é famosa no mundo do surf. Esse nome foi dado pelos habitantes do local e vem da lenda de que uma feiticeira vivia na rocha. Pode se ir de barco ou em 4 × 4 pelo parque Nacional Santa Rosa.

Casa Costa Rica
Foto Yeda Saigh

Cuidados a tomar se você for a Costa Rica
Escolher o hotel de acordo com o que você pretende: relaxar ou surfar, porque é um trampo se você for surfar ficar longe da praia certa, as estradas nem sempre são muito boas e as distâncias são muito grandes e o tráfico é intenso para aquele tipo de estrada de mão única.
Existe um segundo aeroporto em Ligúria, que atende a região de Guanacaste, onde se encontram os melhores hotéis e as boas pras de surf. Você economiza mais de três horas de viagem de carro e deixa de gastar no mínimo US300,00 pelo traslado!
Não se esqueça de tomar vacina de febre amarela.
Boa Viagem
Colaboradora: Virginia Figliolini Schreuders

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *