Uber suspende modalidade de viagem compartilhada no Brasil

Medida visa diminuir o contato do usuário com pessoas desconhecidas e, com isso, minimizar os riscos de contrair o novo coronavírus.

por Luiz Nogueira, editado por Fabiana Rolfini

No começo desta semana, a Uber suspendeu a modalidade de viagens compartilhadas, o Uber Pool, para os EUA e Canadá. Agora é a vez do Brasil adotar essa medida, que estava sendo analisada nos últimos dias. A ideia tem como objetivo diminuir o contato do usuário com pessoas desconhecidas e, com isso, minimizar os riscos de contrair o novo coronavírus.

Veja também:

Coronavírus: Uber suspende viagens compartilhadas nos EUA e Canadá
Uber Eats elimina taxa de entrega para restaurantes locais nos EUA
Uber vai pagar motoristas afastados devido ao coronavírus; veja como

Outra medida, adotada recentemente pela empresa para ajudar a lidar com essa pandemia, é o oferecimento de ajuda financeira para motoristas e entregadores parceiros que forem diagnosticados com a Covid-19.

Essas pessoas terão suas contas bloqueadas por 14 dias se houver comprovação de contágio ou de contato com indivíduos que possuam o vírus. Durante o período de bloqueio, esses colaboradores receberão um benefício financeiro, que vai se estender pelos dias que a conta estiver bloqueada.

Além disso, a Uber se compromete a “fornecer recursos” para auxiliar seus motoristas, como a entrega de frascos de álcool em gel, o que permite a higienização constante dos veículos. Em relação às entregas do Uber Eats, os clientes podem solicitar que o entregador deixe o pedido na porta da residência ou na portaria do endereço indicado, tudo para evitar o contato humano.

O Olhar Digital entrou em contato com a assessoria da Uber no Brasil para saber qual a posição da empresa em relação ao assunto. Atualizaremos a notícia assim que recebermos uma resposta.

Via: Uol

Fonte: Olhar Digital

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *