Ainda sobre a Febre Amarela e a Prefeitura de SP


Abaixo, relato de um morador do meu bairro, que não identifico por motivos óbvios. Não foi o único. Uma extensa matéria hoje na TV mostrou essa situação dantesca, provocada por um governo inepto, omisso e leniente.
A vacina é um direito do cidadão. O que os governos (estadual e municipal) estão fazendo é a instalação macabra de “Escolha de Sofia”.
Alegam que Vila Sonia não é área de risco, ainda que todos os distritos ali contidos abriguem parques, alguns com remanescências de Mata Atlântica (nascentes, macacos etc).
Não há atendimento padrão entre as UBS. Não tem vacina pra todo mundo porque, mesmo sabendo da onda, o governo não se preparou, não planejou. Foda-se, porque se morrer o máximo que acontece é entrar na estatística.
Isso deveria ser denunciado a órgãos internacionais. O mais incrível é que ambos, governador e prefeito, participarão das próximas eleições. Portanto, é bom que se saiba como eles tratam questões cruciais na área de saúde pública.
Essa conduta, aplicada em várias UBS é criminosa. #GeraldoAlckmin e #JoãoDoria.
Relato do vizinho:
“Como se faz para tomar a vacina da Febre Amarela quando a UBS que atende a sua região não está dando a vacina e todas as outras se negam a prestar atendimento, mesmo estando vazias, pois seu comprovante de endereço não faz parte da região atendida?
Moramos próximo ao Portal do Morumbi e hoje pela manhã fomos eu, minha esposa e minha filha de 4 anos à UBS da Vila Praia para tomar a vacina da Febre Amarela. Porém chegando lá fomos informados que não poderíamos tomar a vacina, mesmo estando completamente vazia, pois de acordo nosso comprovante de endereço teríamos que nos dirigir à UBS da Vila Sônia.
Pois assim o fizemos e para a nossa surpresa, ao chegar lá descobrimos que esta unidade não está aplicando e nem sequer terá a vacina disponibilizada.
O máximo que puderam fazer foi nos dar mais uma lista de 3 outras UBS que teriam a vacina, porém ao ligar para uma delas descobrimos que não poderíamos tomar a vacina pois não moramos na região. Assim ficamos todos em minha família desprotegidos expostos aos riscos de contrair a doença, por conta de mais uma ineficiência do sistema público de saúde totalmente mau gestionado…
Do Município passando pelo Estado à República, nada se salva, é uma completa vergonha…

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *