Por que esquecemos nossos sonhos? Estudo pode ter resposta


Pesquisa inédita descobriu que um hormônio atuante no cérebro é o responsável pelo esquecimento dos sonhos
Escrito por Lidia Capitani
Você já tentou se lembrar de um sonho incrível que teve em alguma noite e não conseguiu? Pois esse tipo de situação é bastante comum e deixa muita gente frustrada.
A boa notícia é que um estudo recente, publicado pela revista norte-americana Science, pode ter descoberto por que esquecemos nossos sonhos ao acordar – e a resposta está em nosso organismo.
Pesquisa sobre esquecimento de sonhos
Durante o sono, a pessoa passa por quatro etapas distintas. As duas primeiras servem para fazer o corpo descansar e são de carácter mais leve. Já a terceira configura um sono mais profundo, suficiente para revigorar o corpo e mente.
É na quarta etapa que ocorrem os sonhos e ela é chamada de REM, ou Rapid Eye Movement, da sigla em inglês, que significa literalmente “movimento rápido dos olhos”.
De acordo com a pesquisa, o esquecimento de um sonho está relacionado ao hormônio MCH (hormônio concentrador de melanina), encontrado no hipocampo e responsável por regular o sono e o apetite.
Na fase do sono REM, esse hormônio fica ativo e a pesquisa, feita em ratos de laboratório, descobriu que ele lança mensagens inibitórias ao hipocampo, área do cérebro que controla a memória e o aprendizado.
Dessa forma, os cientistas constataram que os animais que tinham o hormônio MCH desativado na fase REM do sono acabaram performando melhor em testes de memória.
Por que esquecemos nossos sonhos?
Os resultados do estudo mostraram que o hormônio MCH atua no cérebro fazendo com que esqueçamos informações novas e possivelmente irrelevantes, segundo o pesquisador responsável, Thomas Kilduff.
Como os sonhos ocorrem principalmente durante a fase REM do sono, quando o MCH é ativado, as reações químicas em nossas células podem impedir que o conteúdo do sonho seja armazenado no hipocampo. Ou seja, esquecemos rapidamente o que sonhamos.
Para que servem os sonhos?
Já parou para pensar por que sonhamos? Todas as pessoas sonham, com exceção de indivíduos que sofreram lesões na parte do encéfalo, área onde nossos sonhos são processados.
Segundo o diretor da Associação Brasileira do Sono, Michel Cahali, quando uma pessoa sonha, o cérebro está processando e consolidando memórias. Portanto, os sonhos ajudam a fixar informações e eventos na mente.
Outra pesquisa realizada pela Universidade da Califórnia constatou que o sono, e principalmente a fase em que a pessoa está sonhando, estimula a criatividade e ajuda na resolução de problemas reais.
Interpretação dos sonhos
Apesar de instigante, o conteúdo dos sonhos ainda não é explorado pelos médicos, pois não há confirmação científica da existência do inconsciente. Entretanto, tais aspectos são muito estudados pela psicologia, em especial pelas linhas exploradas por Freud e Jung.
Ambos acreditam que o inconsciente se manifesta através de reações involuntárias, como os sonhos. Através da análise dos sonhos, a psicanálise poderia ajudar o paciente a entender a causa e a mensagem destes conteúdos, de forma a trazer alívio para as angústias.
Qual o significado dos sonhos?
Sonhar com traição: o que significa?
Comece a recordar seus sonhos e conheça mais sobre si mesmo
Interpretação dos sonhos pode revelar causas de distúrbios do sono.
Fonte: Minha Vida

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *