Adeus Ano Velho

Sou do tipo chorona e quem me conhece sabe bem. Chorar num velório faz sentido, mas num casamento de pessoa que você mal conhece ou numa apresentação de final de ano de balé infantil onde não há filhas nem netas se apresentando, ah… isso é demais.
Mas, fazer o quê, sou movida à emoção. Introdução feita, queria mesmo é dizer que independente de como foi o ano de 2018 para mim, fico com um nó na garganta na hora de me despedir dele, e de todos os outros anteriores. Tenham sido bons ou maus anos, foram e sempre serão, um acúmulo de experiências adquiridas, muitas delas sofridas, claro. Como diria sabiamente a dupla Roberto e Erasmo, “o importante é que emoções eu vivi”.
Sou colunista de turismo? Então vamos ao assunto: costumo brincar dizendo que a maior invenção do mundo foi e sempre será o avião, porque em algumas horas de voo a gente pisa em território completamente diferente do nosso, e tem a oportunidade de vivenciar nova cultura e novos ares.
2018 foi um excelente ano de viagens para mim. Foram duas viagens familiares e cinco profissionais ao exterior, com meus queridos grupos, um deles que me acompanha há 12 anos.
Aqui faço uma pequena retrospectiva das viagens com meus grupos:

México no carnaval: o grupo em frente à Pirâmide da Lua, em Teotihuacan.
Parte de novo grupo na entrada do jardim do antigo castelo de Rothenburg ob der Tauber, na Alemanha, em junho.
E na mesma viagem, agora no castelo de Bamberg, na Alemanha.
Em setembro, com o grupo que me segue há 12 anos, em frente à fortaleza de Bari, no sul da Itália.
Em outubro na Toscana, na Capella della Madonna di Vitadela, um lugar maravilhoso!
Novo grupo: em Positano, na linda Costa Amalfitana, em outubro

Deu saudades só de rever as fotos!
Mas em 2019 terá mais, muito mais. Andaluzia no carnaval, Romênia e Bulgária em maio, e uma Holanda bem completa em junho. Isto só para o primeiro semestre. Se você, leitor(a), se interessar, é só entrar em contato comigo:
monicasayaoviagens@gmail.com
Um Feliz Ano Novo para todos! Com muita saúde, muita esperança e muita alegria. E, por que não, muitas viagens…

Que venha 2019!

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *