O que querem Bivar e o PSL?

Imagem: Arquivo Google – IstoéDinheiro

O que pensar do ex-partido do atual Presidente da República que não era nada, e graças ao presidente tornou-se a 2ª maior bancada da Câmara com 52 deputados, além de eleger 4 senadores? E que mesmo assim bateu de frente com o Presidente e agora suspende por um ano Eduardo Bolsonaro, o deputado MAIS votado do Brasil, além de punir outros 17 deputados da ala bolsonarista na Câmara com 14 suspensões e 4 advertências.

Que desvario. O povo só votou nos candidatos do partido porque eles apoiavam Jair Bolsonaro. Nem sabíamos direito quem eles eram. Votamos no 17 e seus aliados. O PSL traiu seus eleitores.

Tudo porque o Presidente Bolsonaro exigiu transparência nas contas do partido. Tanto há algo de bem podre no PSL, que seu dono Luciano Bivar foi indiciado pela PF. Trata-se de um amador que não percebeu que deu um tiro no pé. O poder subiu-lhe à cabeça.

Os partidos de esquerda estão blindados, porque o PT, só para citar um deles, já deveria ter sido extinto.

O mecanismo está indo com tudo para acabar com o partido que elegeu o Presidente, e que, por nada entender de estratégia e ser desorganizado, abriu um racha inadmissível e cometeu autofagia. Entre o Presidente mais querido do Brasil e a Peppa Pig escolher a Peppa é brincadeira. A corda sempre arrebenta do lado mais fraco.

Tristes tropiques. Como é difícil. Além da esquerda e do Centrão agora vemos os oportunistas rebelarem-se. Acharam que iam se dar bem. Pelo visto vai demorar para muita gente entender que o povo não mais aceita a velha política.

Para quem não sabe, o PSL foi fundado em 1994 pela família Tuma e registrado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em 1998. O PSL (Partido Social Liberal) “viu sua história mudar radicalmente em 2018, quando o hoje presidente Jair Bolsonaro acertou sua filiação ao partido.”

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *