Julgamento de lula amanhã foi adiado


Como eu já sabia há dias, porque aprendi (muito) com meu amigo Ibrahim Sued que “em sociedade tudo se sabe”. Sempre que estava “dura” ligava para o Ibrahim, canceriano que teria feito aniversário ontem, e ele me arranjava trabalho. Assim, traduzi artigos dele para a Vogue francesa e fiz a revisão do seu livro “O Segredo do Meu SU SUCESSO“. Está lá meu crédito rsrsrs. Ah, Elio Gaspari foi foca do Ibrahim, Boechat também.
Aliás o Ministro Fux (primeiro colocado em concurso para Juiz) afirmou a seus pares do STF que o suposto diálogo entre Dallagnol e Moro do episódio “In Fux We Trust” NUNCA existiu. Ou seja, FAKE NEWS do IntercePT.

A colunista do PT, digo da Falha de São Paulo, acaba de publicar que a 2ª Turma do STF adiou o julgamento do pedido de anulação da condenação de lula, por causa de vazamentos do “falso dossiê” eletrônico por um receptador de criminosos que vendem SUPOSTAS conversas hackeadas. Agora precisamos saber quem encomendou e quem pagou. Hackers são caríssimos porque os equipamentos usados custam milhões de dólares.
Eis um trecho da nota:
“O julgamento da suspeição de Sergio Moro no caso do tríplex de Lula será adiado pelo STF (Supremo Tribunal Federal).
A análise do habeas corpus em que a defesa do petista pede a anulação do julgamento alegando que Moro foi parcial estava marcada para a terça (25).
Ex-presidente Lula em sua primeira entrevista depois que foi preso
Ex-presidente Lula em sua primeira entrevista depois que foi preso – Marlene Bergamo/Folhapress
A presidente da Segunda Turma do STF, Cármen Lúcia, colocou o caso, no entanto, no último lugar da fila. Antes dele, 11 processos teriam que ser apreciados.
O ministro Gilmar Mendes concluiu que não haverá tempo de debater o caso de Moro. Só o voto dele tem mais de 40 páginas.
Mendes decidiu, então, indicar o adiamento da discussão. O caso deverá voltar à pauta no segundo semestre. …”

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *