Esclarecimento


Bom dia. Gostaria de prestar um esclarecimento. Todas as pessoas têm o direito incontestável e democrático de votar em quem achar melhor.
Nunca tentei convencer alguém do contrário, nunca fui na página de ninguém para contradizer voto sem ser convidada. Expresso minha opinião levando em consideração os fatos. E jamais ofendo alguém. Mais do que tolerância e respeito, isso se chama educação, boas maneiras. Tem gente que parece nunca ter ouvido falar em civilidade.
Tenho horror a fake news e na minha página posto o que acho relevante. Minhas postagens buscam esclarecer, jamais convencer. E dão a quem não me conhece bem, uma oportunidade de saber, um pouco, quem eu sou e como penso.

Confesso que o que me angustia não é a possibilidade do meu candidato perder, é a possibilidade de fraude, com essa empresa venezuelana contratada sem possibilidade de auditoria na apuração dos votos. Muito cômodo, não? Um exemplo do crime perfeito.
Nunca votei no PT, e esses quatro mandatos inglórios me ensinaram a aceitar a derrota, além de provar que eu estava certa em não votar nem em Lula, nem em Dilma. Basta constatar as atrocidades cometidas e o aparelhamento dos três poderes pelo que há de mais vil e medíocre entre os homens públicos brasileiros.
Nem falo em corrupção, ça va sans dire. E pude ver a blindagem e a impunidade dos que cometem crimes com a desculpa de “ideologia”, como se bastasse ser de esquerda para receber a absolvição. O pior de todos os crimes contra uma nação foi cometido, o crime de lesa pátria.
O único voto que não aceito é no PT. Esse partido é uma organização criminosa, com seus luminares presos, outros condenados e soltos pelo judiciário bolivariano, ou respondendo a processos. Jamais votaria no Malddad, que fez barbaridades em São Paulo, perdendo a reeleição de maneira humilhante no primeiro turno. E o IBOPE ontem teve o despautério de dizer que Malddad passou Bolsonaro na intenção de votos na cidade de São Paulo. Isso depois de três milhões de pessoas terem ido para a Paulista no domingo apoiar Bolsonaro, no dia das maiores manifestações já vistas no Brasil.
Políticos do PSDB têm coragem de declarar voto no PT. Assim como Marina, que sempre foi contra Dilma por ter sido preterida, mas nunca foi contra Lula.
As máscaras estão caindo. Malddad, inclusive, liberou, inconstitucionalmente, o uso e venda de drogas na Cracolândia, sem nenhuma oposição e fez uma ciclovia vermelha e superfaturada: o m2 custou 600% mais caro do que o preço correto. Entre outros fracassos. Responde a 32 processos. Apenas.
Dessas pessoas que votarão no PT eu me afasto. Não posso me dar com quem defende criminosos. Desejo que sejam felizes, porém, bem longe de mim.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *