Trilhas sonoras para um dia de ventos

Imagem: Abdullah Evindar

Para os fãs de uma balada metal, “Winds of Change”, dos Scorpions.

Quem prefere MPB pode se deleitar com “Vento de Maio”, do Lô Borges.

Quer rock clássico? Que tal “No Quarter”, do Led Zeppelin, aquela que fala na letra que “Winds of Thor/ Are blowing cold”?

(Sugiro que a audição seja acompanhada da leitura de “O Morro dos Ventos Uivantes”, claro, de Emily Brönte.)

Ah, tem aquela coisa linda da Kate Bush cantando a sua versão dos “Morros”, a belíssima “Wuthering Heights”.

Se preferem uma canção maravilhosa e quase desconhecida, sugiro “Wind”, do ex-Cat Stevens, hoje Yusuf.

Para os que querem aproveitar para refletir um pouco sobre a situação atual, podem ouvir a quase manjada “Blowin in the Wind”, de Bob Dylan.

Tem um trecho que acho particularmente interessante: “quantos anos alguém pode viver até que seja realmente livre?”

Deixo a reflexão e o conselho:

Abriguem-se dos ventos – reais e metafóricos.

Ou surfem neles.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *