Zagato recria esportivo italiano dos anos 1960

 

Este aí nas fotos é o Iso Rivolta GTZ, esportivo criado pela especialista italiana em carrocerias Zagato e que será fabricado no ano que vem.

O carro é um tributo ao Iso Grifo Grifo A3/C de 1963 (o vermelho, mais abaixo) e também marca a volta da marca Iso Rivolta às ruas – uma volta em doses homeopáticas, já que serão produzidas apenas 19 unidades.

 

 

Para quem não está ligando o nome à empresa, a Iso fabricou motocicletas e carros entre os anos 1940 e 1970 e que teve uma importante ligação com o Brasil nos anos 1950.

Isso porque foi a responsável pelo lançamento da Isetta, pequenino modelo de dois lugares que acabou sendo o primeiro automóvel produzido em nosso país, sob licença, pelas indústrias Romi – sob o nome de Romi Isetta (1956-61, ao lado) – e rodou também na Alemanha com o escudinho da BMW.

 

 

Mas não só de minicarros frugais viveu a marca italiana. Durante os anos 1960, ela fez fama com alguns belos e potentes esportivos – entre eles, o Iso Grifo A3, lançado em 1963, com formato criado pelo renomado Giorgetto Giugiaro para o escritório de design Bertone. O carro (abaixo) seguia uma receita comum para a época, combinando uma bela e leve carroceria com um baita motor V8, na maioria das vezes, importado dos EUA.

Receita esta que também será empregada nesta releitura. O GTZ também terá sob o capô um V8 americano, desta vez um motor Chevrolet de 6.800 cilindradas, com compressor, igual ao usado no Corvette Z06 C7, tracionando as rodas traseiras, como manda a boa tradição.

A carroceria do GTZ será fabricada em fibra de carbono – extremamente leve e resistente, o que faz prever um desempenho pra lá de estimulante, daqueles que permite que se acompanhe Ferraris e Lamborghinis em passeios pela Autobahn ou em domingões de farra num autódromo.

Mas por que, afinal de contas, a Zagato resolveu ressuscitar logo a Iso Rivolta? A resposta está nos mais de 4.500 membros, quase todos bem ricos, que o clube dedicado à marca congrega pelo mundo a fora. Dos 19 GTZ prometidos para 2021, nove já têm compradores e, embora o preço ainda não tenha sido anunciado, posso garantir que vai ser bem maior que o da Isetta.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *