Tesla Model 3 foi terceiro carro mais vendido na Europa em dezembro

Deve ter executivo de montadora europeia com pulga atrás da orelha. De acordo com a empresa de pesquisa de mercado JATO Dynamics, em dezembro de 2019, o carro mais vendido no Velho Continente foi o Volkswagen Golf (nenhuma novidade), seguido pelo Renault Clio (o popular da moda) e, em terceiro, pelo Tesla Model 3. O carro puramente elétrico fabricado nos EUA e que lá custa mais ou menos o mesmo que um BMW Série 3, um Audi A5 ou um Mercedes Benz Classe C – 45 mil euros.

Como comparação, o BMW i3, também 100% elétrico, mas com porte bem menor e bem menos espaçoso, sai por 39 mil euros e um Porsche Taycan – este sem nenhuma pretensão em conquistar a classe média, reconheçamos – por 115 mil.

Não que, ao menos por enquanto, a Tesla esteja ameaçando quantitativamente o mercado da Europa. No total, em 2019 a marca vendeu lá 200 mil unidades, enquanto a VW, maior fabricante (como grupo) de carros do mundo colocou 4,6 milhões de seus parzinhos nas ruas de lá. Só que a VW e os outros grandes fabricantes europeus – como BMW e Mercedes – oferecem uma grande gama de modelos diferentes, enquanto a Tesla tem um cardápio bem reduzido. Ainda assim, pelo custo e justamente por ser diferente, o Model 3 tem cabido no bolso e no gosto da classe média, a esclarecida e engajada classe média europeia. E esse resultado de vendas, por mais que possam ainda ser consideradas “de nicho”, indica uma mudança (sem volta) no comportamento dessas pessoas.

Vem VW elétrico por aí

É bem provável que, com a chegada do novo VW (sempre ela) ID.3 (foto), a marca tedesca recupere para si a liderança também tecnológica. Desenvolvido desde o começo como um carro elétrico – tal qual os Tesla e diferentemente de boa parte do que há no mercado atualmente –, o carro chega às lojas, este ano, por 30 mil euros. Isso depois de algum atraso, sintomaticamente devido a problemas de software, área em que a Tesla se sobressai.

De olho na boa receptividade dos europeus a seus produtos, a Tesla já tem mais um carro “popular” na agulha – o SUV compacto médio Model Y –, e já anunciou que vai construir uma fábrica nos arredores de Berlim. Com isso, ela poderá, quem sabe, ter volume de produção para começa a fazer, também, estragos quantitativos no mercado.

Fonte: Blog Rebimboca

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *