Chevrolet Cruze com Wi-Fi de fábrica


Uma das coisa que mais evoluíram nos automóveis nos últimos anos foi a conectividade. Dos primeiros aparelinhos de GPS avulsos, presos com ventosas ao parabrisa, às multitalentosas e feéricas centrais de multimídia, o trajeto nem foi tão curto assim, mas foi percorrido em alta velocidade pela indústria. Hoje, é difícil pensar em comprar um carro novo que não ofereça, pelo menos como opcional, um modo de conectar seu smartfone aos sistema de bordo – e, usando ele como “ponte”, ter acesso aos seus aplicativos preferidos e às facilidades e dados da internet. Num passo à frente, a Chevrolet oferece agora a possibilidade de ter essa conexão do carro com a “grande rede” sem a necessidade de usar o plano de dados do seu celular. Funcionando como um verdadeiro “hot point”, a versão Premier 2020 do Cruze traz de série um sistema de wi-fi que permite a conexão de até sete equipamentos simultaneamente.

Na prática, desde o lançamento há alguns anos do serviço de apoio On Star – que inclui localização, socorro, bloqueio, navegação e até um concierge para a reserva de mesa em restaurante –, os carros da Chevrolet com esse sistema já estavam conectados à internet, embora não compartilhassem esse acesso com seus ocupantes. “Rotear” essa conexão através da multimídia MyLink, permitindo que todos a bordo a compartilhem é a útil novidade, que chega primeiro na versão Premier do Cruze – tanto no sedã quanto no hatch Sport6.

Em outros países, como os EUA, esse tipo de serviço já é comum há algum tempo. Me lembro de dirigir em Los Angeles, em 2015, e ter a minha disposição na central multimídia do carro algumas centenas de estações de rádio pela internet, além de alguns outros aplicativos, sem a necessidade de conectar a ele o meu celular.
Como a antena do veículo tem um sistema de amplificação de sinal bem mais potente que o da maioria dos smartfones, a tendência é que o sinal a bordo seja melhor que na calçada lá fora – e muito mais ainda em locais mais afastados dos grandes centros urbanos. Um avanço e tanto.

Fonte: Blog Rebimboca

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *