Um gato de óculos

Honesta e sinceramente, nunca tive muuuuuiiiito apreço pela humanidade, exceção feita àquela parte da humanidade que vejo sempre com óculos cor-de-rosa, os meus amigos que, como diz meu marido, para…

Continuar Lendo

O Exterminador do presente

Parece bíblico o que está acontecendo conosco e com o mundo todo… Ainda que minha intimidade com a Bíblia não seja das maiores, é fato que nela existe um sem…

Continuar Lendo

Tito e meu primeiro vira-lata

Do nada, uma e meia da madrugada do último domingo antes do início do carnaval e, sem mais aquela, sem estar doente nem nada e sem ter idade para isso,…

Continuar Lendo

Devaneio

Sentada à sua frente, olhando-a bem nos olhos, tentando entender o que ela me dizia em três idiomas: letoniano, alemão e português. Parecia uma história desconexa e, mais eu a…

Continuar Lendo

Falando sozinha

Eu falo sozinha. É verdade: falo sozinha mesmo. Isso, no século passado (escrito assim parece uma eternidade, mas passa rapidinho) era considerado coisa de biruta, de gente que tinha macaquinhos…

Continuar Lendo

Para encerrar, a notícia de agora que já era a morte anunciada!

Deslizamento de terra nos morros em Campos do Jordão e morte de moradores, inclusive crianças e bebê. Estava na cara que isso iria acontecer. Estou indignada porque sempre comentei isso…

Continuar Lendo

Vidas desperdiçadas

Estou lendo um livro que se chama Vidas Desperdiçadas – é um clássico que trata da sustentabilidade e do futuro. Vou lendo e cada vez ficando mais impressionada: a principal…

Continuar Lendo

Más intenções

Acho interessante o número de obrigações que a gente tem e como todos se esquecem que também somos… idosos! E, como todos os serviços estão muito piores do que já…

Continuar Lendo

Frutos da primavera

“Uma andorinha não faz verão.” Mas, mamãe bem-te-vi, moradora da árvore vizinha à nossa casa, acaba de fazer… a primavera, impedindo que os “especialistas” derrubassem seu ninho com ovinhos ou…

Continuar Lendo

As feiras livres

Eu tinha 19 anos quando passei a morar sozinha e, desde então, frequento as feiras livres das imediações. Quando eu era pequena, minha mãe me levava à feira, que era…

Continuar Lendo