Marli Gonçalves
Jornalista, diplomada, observadora social, comportamental e casual da vida, consultora, feminista, articulista e trabalhadora. Com 40 anos de carreira, é atual Diretora da Brickmann & Associados Comunicação, B&A, onde atua especialmente com gerenciamento de crises na área de comunicação, RP e assessoria de imprensa. Trabalha diretamente com o jornalista Carlos Brickmann. Como assessora política, trabalhou com o então vice-governador de São Paulo Almino Affonso, e em campanhas eleitorais para Fernando Gabeira e Roberto Tripoli, entre outros. Desde 2008 escreve artigos e crônicas que vêm sendo publicados semanal mente por sites e jornais de todo o país.

Parabéns, SP. Parabéns?

#spcidadeàstraças. Perdi a conta das vezes em que já usei esta hashtag, vezes em que fotografo, registro e denuncio as condições da região por onde passo ou onde vivo, as…

Continuar Lendo

Os normais dias seguintes

À esta altura você já deve ter se dado conta – assim como eu – de como é dura a realidade dos fatos, e que ano após ano a gente…

Continuar Lendo

Os implicantes

Virou o ano e agora temos este, 2020, número lindo, espelhado, bom de escrever, desenhar, bissexto, pelo menos enquanto não vier alguém implicar com ele até por isso, pois se…

Continuar Lendo

É desejar muito?

Me respondam: é pedir muito? Não pode ser pedir muito quando apenas o que se quer é viver em paz, podendo prosperar com alguma organização e sem que essa seja…

Continuar Lendo

O jogo continua

A escalada de absurdos parece que ainda não foi suficiente para que todos pudéssemos garantir uma final legal da partida de 2019 e um Ano Novo com esperanças renovadas neste…

Continuar Lendo

Deepfakes: O futuro que nos espera e enganará

Apavorante. Em deepfakes eles podem tirar sua roupa, fazer você falar o que quiserem, colocar você em qualquer lugar do mundo, ou até participando de um animado vídeo pornô. Muito…

Continuar Lendo

Amigo não é para ser oculto

O que é amizade nesses tempos atuais? Nas redes sociais, temos e chamamos de amigos pessoas que nem conhecemos, pior, muitas que jamais conheceremos. Fazemos e desfazemos esses laços apenas…

Continuar Lendo

Desembrulha, dezembro!

Confesso que fiquei tentada a escrever com “z”, “desembrulha”, para o trocadilho com dezembro, que já chega todo cheio de prosa, desejos, roupas brancas e douradas nas vitrines, luzinhas, ofertas…

Continuar Lendo

Matemática da cilada

Ô mania que grudou na imprensa! Você fica lá prestando a maior atenção e aparecem aquelas tabelas e tabelas torturando números, comparados a algum lugar do passado, para o bem…

Continuar Lendo

Quem não te conhece, que te compre!

Tem hora que nada melhor do que um bom ditado popular para resumir a ópera toda. “Quem não te conhece, que te compre! “- é um provérbio português que já…

Continuar Lendo