Nova Ordem Mundial

O marketing das indústrias de cosméticos e pigmentos industriais, lançarão em breve um novo catálogo de cores excluindo radicalmente qualquer referência a tons de pele e insumos químicos de clareamento, encerrando assim um ciclo histórico autoritário e opressivo às minorias étnicas.

Na mesma linha, os sites de sexo alterarão os registros de preferência sexual dos usuários, a fim de atender o clamor por justiça igualitária, dos transexuais.

As mudanças no menu de gêneros disponíveis ao consumidor orientará o usuário a se adequar a Nova Ordem Mundial.

Na seção de produtos sexuais de livre escolha, a arcaica nomenclatura ‘Homem’ será substituída por: “Pessoas que portam pênis naturais, implantados, eletrônicos ou sintéticos.”

A nomenclatura arcaica ‘Mulher’ será doravante denominada como ‘Pessoas que menstruam, um dia menstruaram ou deixarão um dia de menstruar’.

E os Trans, tipificação que agrega qualquer denominação sexual que o usuário quiser adotar.

Excluindo-se, terminantemente, os arcaicos, opressivos e cruéis logos ‘Mulhe/Homem”.

Esse regulamento entra em vigor a partir de hoje e terá validade até a entrada em serviço dos seres ‘Pós Humanos’.

A indústria genética que desenvolve ‘Pós Humanos’ promete novas modalidades sexuais.

Esse avanço encerrará o ciclo da limitada caretice da natureza, que impede os indivíduos experimentar novos sexos.

Bom dia,camaradas!

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *